Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Ação realizada na Escola Municipal Padre António Vieira. | Arquivo Pessoal/Samuel Pinheiro
Ação realizada na Escola Municipal Padre António Vieira. | Arquivo Pessoal/Samuel Pinheiro
Virtudes e Valores

“Dia da Misericórdia”: projeto social revitaliza escolas e espaços públicos no Paraná

O principal objetivo do projeto é contribuir para um ambiente acolhedor onde principalmente as crianças se sintam bem em estar

Misericórdia. O dicionário Michaelis a define como o “ato por meio do qual se beneficia alguém”. Mas ela é muito mais do que isso. A misericórdia é uma compaixão solícita diante da necessidade do outro, é agir com caridade. E foi por isso que “Mercy Day” (Dia da Misericórdia) foi o nome escolhido para um projeto social realizado no município de São José dos Pinhais, no Paraná, e que tem como objetivo trazer melhorias para a sociedade por meio da revitalização de escolas e locais públicos.

Liderado pelo pastor Samuel Pinheiro, da Comunidade Vida Plena, o projeto teve início em 2015 e foi inspirado em uma outra iniciativa parecida que acontecia na cidade de Laranjeiras do Sul, também no Paraná. “A ideia veio depois de uma conversa com um pastor amigo meu que já havia feito uma ação como essa, então senti o desejo de fazer o mesmo em nossa cidade”, conta Pinheiro.

“Pessoas comuns que fazem coisas extraordinárias”

Responsável pelo Instituto Vida Plena, que é ligado à igreja da qual faz parte e tem como atividade principal a defesa dos direitos sociais, Pinheiro começou a convidar voluntários de sua comunidade para ajudar a começar as primeiras revitalizações. “Começamos com o muro de uma escola, depois foi uma praça em Tijucas Do Sul (um município próximo). Para lá levamos quase 200 voluntários”, lembra o pastor.

Após receber transplante de medula, rapaz compra casa e salão de beleza para doadora

A maior parte desses voluntários fazem parte da igreja, mas, segundo o pastor, pessoas de bairros próximos também se interessaram em ajudar. “Inclusive, incentivamos a participação dos professores, pais de alunos e até dos próprios estudantes maiores, a participarem conosco”, explica ele. “São pessoas comuns que fazem coisas extraordinárias”.

Um ambiente acolhedor para um futuro melhor

Ao todo, foram cinco escolas municipais em São José dos Pinhais e a praça central de Tijucas do Sul. “Essas ações trazem muita alegria para os alunos dessas escolas”, afirma Pinheiro. “Com uma escola transformada temos certeza de que atingiremos o nosso principal objetivo que é ter um ambiente acolhedor onde as crianças estudarão, alcançando assim um futuro melhor”.

De acordo com o pastor, os voluntários entram apenas com a mão de obra para a realização do trabalho, enquanto as escolas, por meio da prefeitura da cidade, disponibilizam os materiais necessários. Limpeza, pintura das paredes, portas, portões, parquinhos e até trabalhos de jardinagem estão entre as atividades realizadas pelo projeto.

Depois de cinco escolas revitalizadas, muitas outras enviaram pedidos para também fazerem parte das ações. “Hoje já temos até uma fila de espera”, conta Pinheiro. “Somos imensamente gratos quando vemos os sorrisos nos rostos dos alunos, e nos alegramos em saber que ainda existem pessoas que fazem o bem e se preocupam com o próximo”.

Confira algumas fotos das ações realizadas pelos voluntários do Projeto Mercy Day:

Primeiro trabalho do Projeto Mercy Day em 2015. Revitalização da Escola Estadual Lourdes Bonin | Arquivo Pessoal/Samuel Ferreira
Primeiro trabalho do Projeto Mercy Day em 2015. Revitalização da Escola Estadual Lourdes Bonin | Arquivo Pessoal/Samuel Pinheiro
Primeiro trabalho do Projeto Mercy Day em 2015. Revitalização da Escola Estadual Lourdes Bonin | Arquivo Pessoal/Samuel Ferreira
Primeiro trabalho do Projeto Mercy Day em 2015. Revitalização da Escola Estadual Lourdes Bonin | Arquivo Pessoal/Samuel Pinheiro
Primeiro trabalho do Projeto Mercy Day em 2015. Revitalização da Escola Estadual Lourdes Bonin | Arquivo Pessoal/Samuel Ferreira
Revitalização da Praça Central de Tijucas do Sul. | Arquivo Pessoal/Samuel Pinheiro
Revitalização da Praça Central de Tijucas do Sul. | Arquivo Pessoal/Samuel Ferreira
Revitalização da Praça Central de Tijucas do Sul. | Arquivo Pessoal/Samuel Pinheiro
Revitalização da Praça Central de Tijucas do Sul. | Arquivo Pessoal/Samuel Ferreira
Revitalização da Praça Central de Tijucas do Sul. | Arquivo Pessoal/Samuel Pinheiro
Revitalização da Praça Central de Tijucas do Sul. | Arquivo Pessoal/Samuel Ferreira
Revitalização da Praça Central de Tijucas do Sul. | Arquivo Pessoal/Samuel Pinheiro
Revitalização da Praça Central de Tijucas do Sul. | Arquivo Pessoal/Samuel Ferreira
Revitalização da Praça Central de Tijucas do Sul. | Arquivo Pessoal/Samuel Pinheiro
Ação realizada na Escola Municipal Padre António Vieira. | Arquivo Pessoal/Samuel Ferreira
Ação realizada na Escola Municipal Padre António Vieira. | Arquivo Pessoal/Samuel Pinheiro
Ação realizada no Centro Municipal de Educação Infantil Quero-quero Aprender. | Arquivo Pessoal/Samuel Ferreira
Ação realizada no Centro Municipal de Educação Infantil Quero-quero Aprender. | Arquivo Pessoal/Samuel Pinheiro
Revitalização do Centro Municipal de Educação Infantil Tio João.| Arquivo Pessoal/Samuel Ferreira
Revitalização do Centro Municipal de Educação Infantil Tio João.| Arquivo Pessoal/Samuel Pinheiro

***

Recomendamos também:

***

Acompanhe-nos nas redes sociais: Facebook Twitter | YouTube

Newsletter Estilo de Vida

Aqui os valores fazem parte da notícia

Clique e leia
Leia também