Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Reprodução/YouTube
Reprodução/YouTube
Defesa da Vida

Conheça a Miss Mundo que é contra o aborto e o sexo antes do casamento

Ao ser perguntada como uma mulher atraente como ela pode dizer não ao sexo, Megan Lynn Young foi direta: “Dizendo não”.

Megan Lynn Young, a filipina que se tornou Miss Mundo em 2013, é apreciada por sua beleza. Mas a beleza que ela aprecia é a da vida e a do casamento. Em uma entrevista a uma rádio filipina, ela disse que se opõe ao aborto, que o sexo deve ser reservado para depois de se casar e que o casamento é uma união indissolúvel.

O entrevistador perguntou a opinião de Young a respeito da Lei de Saúde Reprodutiva, que gerou controvérsia em seu país no ano em que ela se tornou Miss Mundo. A lei exigiria que os médicos fornecessem medicamentos contraceptivos e abortivos, sem dar lugar à objeção de consciência, e acabou por não ser implementada, devido a uma decisão da Suprema Corte.

“Sou pró-vida”, respondeu ela. “Se essa lei permite matar alguém que já existe, então sou contra, é claro. Minha crença é: não ao aborto”.

Ao ser questionada sobre o uso de contraceptivos, Young respondeu: “Não me envolvo com esse tipo de coisa. Sexo é para o casamento. É nisso que acredito”. O repórter então lhe perguntou como uma mulher “atraente como você” pode dizer não ao sexo. Young foi direta: “Dizendo não”.

“Se um homem tenta empurrar você a isso, você recua, porque então a pessoa não valoriza nem você nem a relação. Mas se o cara está disposto ao sacrifício de esperar, isso significa muito”, disse a Miss Mundo.

O casamento, segundo ela, jamais deveria acabar em divórcio. “Acho que se você casa com alguém, essa deve ser a pessoa com quem você estará para sempre, na saúde e na doença, nos bons e nos maus momentos”, disse ela.

Young nasceu nos Estados Unidos em 1990 e se mudou aos dez anos para as Filipinas. Ela é filha de um americano e uma filipina. A entrevista aconteceu em agosto de 2013. Um mês depois, ela foi coroada Miss Mundo, na Indonésia.

Ela disse também que homens transgêneros “devem seguir as regras” e ficar fora de concursos de beleza femininos. Young afirmou ainda que ela é “todo amor” para eles e que tem amigos transgêneros.

***

Com informações de Life Site News.

4 Comentários
Leia também