Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Crédito: WikimedIa Commons.
Crédito: WikimedIa Commons.
Entretenimento

Confira roteiros culturais para o feriadão

Listamos dicas de passeios em São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba para o feriado de 7 de Setembro

Feriadão está chegando, e o Sempre Família preparou um roteiro com locais que podem ser visitados com crianças nesses dias nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba. Confira a seguir e divirta-se! 

São Paulo

1. Mercado Municipal

Crédito: Wikimedia Commons
Crédito: Wikimedia Commons

Visita obrigatória para turistas e moradores, o mercado oferece uma infinidade de produtos, hortifruti, artesanato, entre outros. Inaugurado em 1933, possui mais de 10 m de pé direito, colunas, abóbodas e vitrais importados da Alemanha com temas agrícolas e agropecuários. No mercado você pode experimentar iguarias famosas, como o sanduíche de mortadela e o pastel de bacalhau.

Serviço: Fica na Rua Cantareira, 306, na periferia do Centro, entre a rua 25 de Março e o Parque D. Pedro II

 

2. Catedral e Praça da Sé

Crédito: Wikimedia Commons
Crédito: Wikimedia Commons

A Catedral Metropolitana de São Paulo é um símbolo da arquitetura neogótica e foi palco de transformações e manifestações históricas. Oferece missas diárias e visitas guiadas. É na Praça da Sé que se encontra o Marco Zero de São Paulo, as estátuas do padre José de Anchieta e do Apóstolo Paulo, além de outras obras artísticas.

Serviço: Praça da Sé, s/nº. Tel: 11 3107-6832 http://www.catedraldase.org.br/site/

 

3. Museu da Língua Portuguesa

Crédito: Wikimedia Commons
Crédito: Wikimedia Commons

Inaugurado em 2006, o Museu da Língua Portuguesa é dedicado à valorização e difusão do nosso idioma e apresenta uma forma expositiva diferente, usando tecnologia de ponta e recursos interativos para a apresentação de seus conteúdos. São diversas exposições e instalações interativas que certamente farão seus filhos se apaixonarem pela língua portuguesa. Antes de entrar no Museu aproveite para olhar com atenção a Estação da Luz, e observar a arquitetura com elementos ingleses num local tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turístico (Condephaat).

Serviço: Praça da Luz s/n; tel.: (11) 3322-0080. Horário: de terça a domingo, das 10h às 18h (a bilheteria fecha às 17h). Fechado às segundas. Ingressos: R$ 6 e R$ 3 (meia entrada), com entrada gratuita aos sábados.

 

4. Pinacoteca

Crédito: Wikimedia Commons
Crédito: Wikimedia Commons

A Pinacoteca foi o primeiro museu de artes de São Paulo, projetada em 1895. As primeiras doações para o museu foram peças que até hoje fazem parte do acervo, entre elas obras dos consagrados artistas Benedito Calixto, Pedro Alexandrino e José Ferraz de Almeida Junior. Hoje a Pinacoteca conta com dez salas abrigam um acervo com cerca de 100 mil obras. Ana área externa fica um café onde é possível almoçar ao ar livre com vista para o Parque da Luz.

Serviço: Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 10h às 17h30. End.: Praça da Luz, 2. Preço: R$ 4 (inteira) e R$ 2 para estudantes, crianças e idosos. Grátis aos sábados. Tel: 11 3324-1000. www.pinacoteca.org.br

 

5. Theatro Municipal

Crédito: Wikimedia Commons
Crédito: Wikimedia Commons

O Theatro Municipal, talvez o maior cartão postal de São Paulo, possui internamente centenas de pinturas antigas e mais de 14 mil vitrais. Aberto ao público no dia 12 de setembro de 1911, o Theatro Municipal de São Paulo começou a ser construído oito anos antes, em 1903. Em setembro de 2011, ele foi entregue após uma completa reforma. As visitas guiadas acontecem de terça a sábado

Serviço: Praça Ramos de Azevedo. Tel: 11 3053-2100. http://theatromunicipal.org.br/

Ou ainda…

No site Roteiros a pé você pode traçar seu roteiro selecionando os locais que quer visitar. Assim é possível se programar antes de sair de casa e ver quais visitas podem ser feitas de acordo com a disposição das crianças. Outra dica bem bacana é assistir ao ensaio dos músicos na Sala São Paulo, às quintas pela manhã. Serviço: Praça Júlio Prestes, 16, Campos Elíseos. Tel: 11 3223-3966

 

Rio de Janeiro

1.Praça XV

Crédito: Wikimedia Commons
Crédito: Wikimedia Commons

Na Praça XV estão várias construções históricas, como a Igreja do Carmo, o chafariz histórico e o Paço Real. É um dos locais mais antigos do Rio e foi local de desembarque de passageiros nos tempos coloniais.

Serviço: Fica na Rua Cantareira, 306, na periferia do Centro, entre a rua 25 de Março e o Parque D. Pedro II

 

2. Mosteiro São Bento

Crédito: Wikimedia Commons
Crédito: Wikimedia Commons

Fundado em 1590, no centro da cidade, o Mosteiro de São bento conserva o silencio e a tranquilidade em seu interior. O espaço permite visitas e está aberto diariamente, inclusive para participação de missas. Aos domingos a celebração acontece com canto gregoriano.

Serviço: Rua Dom Gerardo, 68,Centro. Tel: (021) 2206-8100 www.osb.org.br

 

3. Igreja da Candelária

Crédito: Wikimedia Commons
Crédito: Wikimedia Commons

Considerada uma das mais belas igrejas do Rio, a Igreja da Candelária é resultado de uma promessa feita por navegadores portugueses a Nossa Senhora da Candelária caso se salvassem de uma forte tempestade em alto mar. Com revestimento interior em mármore, portas de bronze e painéis no teto que contam a história de antiga capela que hoje é uma imponente construção, a Candelária é um passeio obrigatório.

Serviço: Endereço: Praça Pio X. Tel: (21) 2233-2324. Horário de funcionamento: Seg. a sex. das 7h30 as 15h50; sábado, das 9h as 12h; dom, das 9h as 13h.

 

4. Museu Histórico Nacional

Considerado um dos mais importantes museus do Brasil, tem mais de 300 mil itens em seu acervo, incluindo a maior coleção de numismática da América Latina. O conjunto arquitetônico que abriga o Museu foi construído a partir do Forte de Santiago, na Ponta do Calabouço, um dos pontos estratégicos para a defesa da cidade do Rio de Janeiro. Hoje, o circuito expositivo de longa duração percorre os espaços cobrindo desde a pré-história brasileira até o período Republicano, além de abrigar significativo número de exposições temporárias nacionais e estrangeiras.

Serviço: Praça Marechal Âncora, s/nº. Tel: (21) 3299.0324. Ingresso para exposições:

R$ 8,00 (oito reais). http://www.museuhistoriconacional.com.br/

 

5. Biblioteca Nacional

Crédito: WikimedIa Commons
Crédito: WikimedIa Commons

Inaugurada em 1910, a maior biblioteca da América Latina – e a oitava do mundo – tem um acervo de 13 milhões de obras. O imponente prédio, com elementos neoclássicos e art nouveau, inclui escadarias, amplas clarabóias em vitral colorido, bela ornamentação, salas preservadas, além das obras de arte, como quadros e esculturas. É vizinha do Theatro Municipal e do Museu Nacional de Belas Artes, ótimas opções para esticar seu passeio. Há visitas guiadas com 40 minutos de duração.

Serviço: Av. Rio Branco, 219. Tel:(21) 3095-3879. Horário: aberta de segunda a sexta, das 9h às 17h, e aos sábados, das 10h30 às 14h. http://www.bn.br/

 

Ou ainda…

Há vários grupos que organizam passeios a pé pelo Rio de Janeiro, com guias que contam com detalhes a história e curiosidades da cidade maravilhosa. Alguns deles acontecem a noite.  Um deles é o Rio Free Walking Tour, que oferece um passeio gratuito de três horas pelo centro do Rio, de segunda a sexta. Mais informações: Rio Free Walking Tour.

 

Curitiba

1. Igreja da Ordem / Museu de Arte Sacra

Crédito: Marcelos Elias/Gazeta do Povo
Crédito: Marcelos Elias/Gazeta do Povo

Construída em 1737, a Igreja da Ordem Terceira de São Francisco das Chagas é a mais antiga da cidade. Dentro da igreja está Museu de Arte Sacra, com mais de 800 peças, como a imagem do Bom Jesus dos Pinhais, feita em terracota, datada de fins do século XVII.

Serviço: Rua Claudino dos Santos, s/nº, Igreja da Ordem. Funciona das 9h às 12h e 13h às 18h (3ª a 6ª feira) e 9h às 14h (sábado, domingo e feriado). A entrada é gratuita.

 

2. Museu Paranaense

Crédito: Marcelo Andrade/Gazeta do Povo
Crédito: Marcelo Andrade/Gazeta do Povo

Foi o primeiro museu do Paraná e terceiro do Brasil. Hoje oferece um acervo com 400 mil itens que resgatam a história do nosso estado: roupas, mobiliário, documentos e muito mais. As exposições são abertas e gratuitas.

Serviço: Rua Kellers, 289, no bairro São Francisco. Pode ser visitado de terça a sexta-feira, das 9 às 18 horas; sábados, domingos e feriados, das 10 às 16 horas. A entrada é gratuita. http://www.museuparanaense.pr.gov.br/

 

3. Catedral Basílica Menor de Curitiba

Crédito: Antonio More/Gazeta do Povo
Crédito: Antonio More/Gazeta do Povo

Construída em estilo neo-gótico e inspirada na Sé de Barcelona, a Catedral possui em seu interior vitrais doados por famílias tradicionais curitibanas e o mobiliário é todo entalhado em alto relevo na imbuia.

Serviço: Rua Barão do Cerro Azul, 31.

 

4. Paço da Liberdade

Crédito: Antônio More/Gazeta do Povo
Crédito: Antônio More/Gazeta do Povo

O antigo Paço Municipal foi construído para ser a primeira sede da prefeitura de Curitiba e mistura tendências arquitetônicas de períodos diversos da história e que começou a se disseminar em Curitiba no final do século XIX  No interior do edifício estão portas de imbuia, uma escadaria e um elevador vindo da Europa, o primeiro de Curitiba. É o único monumento do Paraná tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Em 2009 ele foi entregue a população totalmente renovado e hoje oferece programação cultural variada e um café que é parada obrigatória de visitantes.

Serviço: Praça Generoso Marques. Horário de Funcionamento: De Terça à Sexta das 10h às 21h, Aos Sábados das 10h às 18h, E aos Domingos e Feriados das 10h às 17h.

 

5. Museu da Fotografia / Solar do Barão

Crédito: Daniel Castellano/Gazeta do Povo
Crédito: Daniel Castellano/Gazeta do Povo

Inaugurado em 1998, o museu foi o primeiro do gênero no Brasil. Em seu acervo estão quase três mil imagens de grandes nomes da fotografia como Sebastião Salgado, João Urban, Vilma Slomp, entre outros. É também espaço de exposições e grandes eventos.

Serviço: Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 533. Horário de Funcionamento: De Terça à Sexta, das 9h às 12h e das 13h às 18h. Aos Sábados e Domingos das 12h às 18h.

 

Ou ainda…

Outra boa opção é fazer visitas guiadas pelo centro histórico. Os turismólogos do Free Walking Curitiba promovem o passeio de segunda a sábado, sempre com reserva antecipada. É de graça e, além de conhecer Curitiba e suas histórias, você pode fazer novos amigos. Para mais informações e agendamento: (41) 8875-7721 e pelo e-mail curitibafw@gmail.com, com o Rafael. www.curitibafreewalking.com.br.

 

Leia também

Faça o download de guias de museus no Brasil, América Latina e Caribe

Os 7 melhores zoológicos do mundo

Leia também