Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
YouTube/reprodução
YouTube/reprodução
Virtudes e Valores

Campanha incentiva garotas a não desistirem do esporte, apesar dos céticos

Peça publicitária denuncia o tom pejorativo que a expressão "like a girl" (como uma menina) costuma ter no meio esportivo

“Um monte de meninos já me disse que eu não posso jogar rugby porque eu sou uma menina.”; “Muitas pessoas já vieram me falar: ‘Você não tem medo de ficar muito grande?'”. Estas são algumas das frases ditas por meninas, na nova campanha da série #LikeAGirl, da Always. O comercial feito em ocasião das Olimpíadas Rio 2016, mostra o preconceito sofrido por meninas em relação à prática de esportes.

O vídeo lançado no final de junho, no canal oficial da marca no Youtube, quer mostrar que o esporte é um importante aliado no aumento da confiança que as meninas têm em si mesmas, e que fazer coisas “como uma menina”, não é ruim. De acordo com uma pesquisa apresentada durante a campanha, realizada em 2015, na puberdade, a confiança das garotas tende a diminuir e metade delas acaba deixando os esportes, infelizmente.

Quando as mesmas meninas do início do vídeo são perguntadas sobre o que elas diriam àquelas que estão querendo desistir, todas são unânimes em incentiva-las a continuar. “Garotas podem jogar rugby e também ser a capitã do time”, diz uma delas. “Mostre ao mundo como você continua jogando #LikeAGirl”, incentiva a marca, no final.

O primeiro vídeo da campanha #LikeAGirl foi lançado em 2014, para desmistificar a imagem fragilizada das meninas, e se tornou um sucesso ao ser veiculada no Super Bowl 2015 ganhando inclusive prêmios. Para o Dia Internacional da Mulher de 2015 foi criada uma sequência que incentivava as pessoas a continuar ajudando as meninas na puberdade, a construir sua confiança.

Confira abaixo o vídeo deste ano e também dê uma olhada no texto publicado em um de nossos blogs, o Full-time Mummy, que pergunta: “Quando a expressão ‘tipo uma menina’ se tornou um insulto?

 

 

 

Leia também