Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
collage-ministra
Defesa da Vida

A ministra de estado que foi de bicicleta até hospital para dar à luz

Ela deve tirar seis semanas de licença e depois disso seu marido levará o bebê diariamente até o ministério para ser amamentado

Julie Anne Genter, ministra das mulheres, na Nova Zelândia, protagonizou uma história inusitada envolvendo sua gravidez. No último domingo, ela postou em sua conta no Instagram uma foto dela mesma indo de bicicleta até hospital para ter o seu bebê. Ela estava grávida de 42 semanas.

A ministra, que tem 38 anos, esperava ter seu filho em casa, mas como o parto natural estava demorando demais, ela precisou induzi-lo. A ideia de ir ao Auckland City Hospital de bicicleta foi da própria ministra juntamente com seu marido. De acordo com a publicação do domingo, eles não tinham “espaço suficiente no carro para a equipe de apoio”. E completou: “Isso me deixou com o melhor humor possível!”

Bebê nasce em loja de fast food e ganha lanches de graça pela vida toda

Julie ficou no hospital à espera de seu filho de domingo até a terça-feira, quando o menino veio ao mundo pesando cerca de quatro quilos. No post onde apresenta o filho, ela disse que a espera para que o parto começasse foi longa, mas o parto em si foi rápido. Esta foi a terceira gravidez de Julie, mas os dois primeiros ela perdeu em abortos espontâneos.

Poucos meses atrás, também na Nova Zelândia, outra personalidade política ganhou destaque por causa da maternidade. Foi a primeira-ministra, Jacinda Ardern, que se tornou a segunda líder mundial da história a dar à luz, tirar seis semanas de licença-maternidade e retornar a ao seu papel de liderança, sem qualquer complicação.

Assim como fez Jacinda, Julie deve ficar um semestre afastada de suas atribuições ministeriais. Quando esse período terminar será o seu marido quem passará a maior parte do tempo com o bebê. Apesar disso, ele já teria se comprometido a levar à criança até a ministra nos meses seguintes à sua volta ao trabalho para que ela o amamente.

 

 

         


*****

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

 

 

Leia também