Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Bigstock
Bigstock
Casamento e Compromisso

20 coisas que as mulheres odeiam ouvir de seus maridos

Algumas frases podem ser riscadas do repertório dos maridos

O blogueiro BJ Foster conta a seguinte história: “Um amigo meu tinha acabado de se casar e ele e a esposa jantaram pela primeira vez em sua nova casa. Ela passou um bom tempo preparando a refeição, de modo que ficasse perfeita. Depois do jantar, ele se levantou e sentou-se diante da tevê. Em seguida, disse: ‘Minha mãe já teria limpado tudo a essa altura’. Você pode imaginar o quanto a esposa dele ficou irritada imediatamente. Um vaso de flores quase relou no rosto dele e se espatifou na parede logo atrás. Perguntei a ele se era só um aviso ou se ela realmente queria acertá-lo. ‘Ah, com certeza ela queria me acertar’, ele disse. Mais de 20 anos depois, eles são mais do que felizes juntos. Uma das razões é que ele parou de dizer coisas como aquela”.

É claro que existem muitas coisas que podem ofender em determinados contextos e em outros não. Mas também é verdade que algumas frases podem ser riscadas do nosso repertório. A comunicação é um fator indispensável para a felicidade de um relacionamento. Confira as dicas de Foster para saber o que evitar na comunicação com a sua esposa.

Desconexão

“Estou saindo. Preciso de um tempo para mim” – não há nada de errado com o “tempo para mim”, mas é preciso combinar esses espaços com o cônjuge. Certifique-se de que a sua esposa está tranquila com isso e que você também dá esse espaço para ela.

“Ãhn?” – você está longe dela e não está prestando atenção ao que ela diz.

“Mais tarde eu faço isso” – o que ela ouve é que ela não é importante para você.

“Nada” – sabe quando ela pergunta no que você está pensando? Ela quer saber o que você sente, com o que você se preocupa. “Nada” não comunica nada.

“Amanhã vou trabalhar de novo até tarde” – De novo, não há nada de errado com trabalhar até tarde de vez em quando, mas se isso acontece com frequência significa que você está trocando sua família por seu trabalho.

Menosprezo

“Deixa eu explicar isso de uma forma que você entenda” – em outras palavras, você está dizendo que ela não é tão inteligente quanto você.

“Quanto você gastou?” – transparência nos gastos é importante entre um casal, mas dar uma de fiscal não ajuda em nada e menospreza a capacidade dela de tomar decisões financeiras.

“Viu só, não foi fácil?” – isso menospreza o esforço dela. Talvez a situação tenha parecido fácil para você, mas só ela sabe como foi para ela.

“Bom, então por que você não… (propõe uma solução para o problema dela)” – na maioria das vezes, o que ela quer é empatia e não as suas soluções. Ela é inteligente o suficiente para já ter pensado nelas.

“Sou eu que estou pagando” – o seu dinheiro é o dinheiro dela também, não importa de quem seja o nome na folha de pagamento. Dizer uma coisa dessas a afasta e dá a impressão de que você é quem está no controle das contas.

Invalidação

“Relaxa!” – pode até ser que ela esteja exagerando, mas os sentimentos dela são válidos e invalidá-los é a última coisa de que ela precisa.

“Você está de TPM?” – perguntar isso tem o mesmo efeito de dizer que o que ela está falando ou fazendo não merece qualquer consideração.

“Quantas vezes temos que falar sobre isso?” – Tantas vezes quantas forem necessárias para resolver a questão – não só para você, mas para ela também.

“Parece que eu não faço nada direito” – se ela está sendo crítica demais, não é essa a melhor maneira de comunicar isso. O que ela vai entender é que você não pode ser criticado.

“Lá vem…” – se ela está repetindo algum assunto, é mais importante entender o porquê da insistência do que invalidá-la e tratá-la como um disco riscado. Lide com a questão e quem sabe ela não retorne.

Desvalorização

“O que tem para o jantar?” – não pressuponha que o jantar é uma tarefa dela, a não ser que você queira que ela se sinta como uma empregada.

“Nossa, a casa está uma bagunça” – essa frase conjuga acusação, julgamento e, de novo, a pressuposição de que ela trabalha para você.

“Ela é gostosa” – você está dizendo que a sua esposa não é bonita o bastante para você e que você queria que ela se parecesse com aquela garota.

“Você sabe que eu te amo. Não preciso dizer isso” – sim, precisa. Não é carência.

“Para com isso, você está sempre reclamando” – você está dizendo a ela que se algo a incomoda ela deve guardar isso para si mesma, ou ao menos compartilhar com outra pessoa e não com você.

Com informações de All Pro Dad.

***

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

1 Comentário
  1. Gazeta, faça uma matéria em sentido inverso agora. “20 coisas que os maridos odeiam ouvir de suas mulheres”. Posso citar algumas: “De novo você deixou a tampa do vaso levantada!”… “O que você está falando é uma bobagem do tamanho do mundo!”… “Você é bagunceiro mesmo!”… E por aí vai. Quem sabe assim eu pense na possibilidade de me casar. Pois se eu, homem, tenho que moderar meu vocabulário, isso deve valer para ela também, não é?

Leia também