Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Bigstock
Bigstock
Trabalho

13 ideias para ganhar dinheiro trabalhando em casa

Para quem quer ser dono da própria agenda, passar mais tempo com os filhos ou trabalhar no conforto do lar evitando desgaste com trânsito

Trabalhar em casa é o sonho de muitas pessoas que desejam fazer seus próprios horários, ficar mais perto dos filhos e até economizar tempo em deslocamentos. Mas é preciso ser disciplinado para que o sonho não vire um pesadelo e, no fim das contas, a tal liberdade se transformar em uma prisão. Se você pensa nessa possibilidade faz tempo, mas faltava um empurrãozinho, nós trouxemos algumas sugestões de atividades que podem se encaixar no seu perfil:

  1. Propaganda em blogs e canais do YouTube

Muitos blogueiros e youtubers conseguem ganhar dinheiro colocando anúncios em suas páginas. Alguns investem em se tornar expositores de algumas marcas, atraindo consumidores a elas por meio do que publicam. É o caso das garotas que ensinam como se maquiar ou cozinheiras que ensinam receitas. Nesse caso, é importante saber o tipo de conteúdo que pode atrair o olhar das empresas dispostas a pagar para terem o nome atrelado a você. Convém também tirar um tempo para entender como funciona a remuneração por visualização de anúncios, especialmente no Google e YouTube.

  1. Trabalhos artísticos

Você tem grande habilidade para pintar, esculpir, bordar ou desenhar? Pois saiba que sua criatividade pode também te trazer um bom dinheiro. As peças produzidas por você podem ser vendidas em sites de compras, como Mercado Livre ou OLX, e mesmo para uma clientela da sua cidade. Usar as redes sociais para mostrar sua arte costuma ser um bom aliado na hora de tornar sua arte mais conhecida.

  1. Vendas online

Outra ideia para quem é artista e trabalha com artesanato é criar uma loja online para vender esses produtos. Nem sempre é possível alugar um espaço físico, por conta do valor de aluguel, mas um espaço online pode ser mais barato e prático. Vender bijuterias, peças em tricô, crochê e bordados, oferecer o serviço de costuras e consertos de roupas em geral, são algumas ideias. Se incialmente uma loja online for um passo muito largo, comece com Facebook e Instagram, por exemplo.

  1. Designer gráfico

O profissional dessa área pode trabalhar com a criação de logotipos, marcas, livros, revistas, catálogos, apostilas, embalagens, sites, jogos e eventos, por exemplo. É uma profissão que exige muito estudo e constante reciclagem, mas é uma ótima opção para se trabalhar em casa, já que praticamente todas as demandas são produzidas com um computador e entregues pela internet, o que facilita o trabalho à distância.

  1. Autor e escritor

Escreve bem? Tem leitores fiéis? Pois saiba que vários sites pagam pela produção de conteúdo, especialmente se vier de alguém que já têm número relevante de seguidores. As oportunidades são bem diversificadas indo desde materiais para sites mais técnicos até textos para revistas online. Mas é importante estar atento ao preço oferecido por essas empresas e a idoneidade delas, para evitar desgosto futuro.

  1. Consultor

É expert em alguma área específica? Adquiriu bons contatos durante os anos de trabalho formal e agora vê que pode passar seu conhecimento a outras pessoas? Então você pode tentar o mundo das palestras para empresas ou fazer atendimentos personalizados a pessoas físicas, ajudando-as a desempenhar um melhor papel no trabalho. Tente criar um método próprio dentro da sua área de atuação e invista bastante em marketing pessoal.

  1. Decorador de festas

Você não precisa ter necessariamente seu buffet infantil ou uma casa especializada em festas, para oferecer esse serviço. Assim como as lojas online citadas acima, nem todo mundo pode adquirir um espaço físico para começar o seu trabalho. Fazer cursos na área de decoração infantil, casamento, festas corporativas e ser parceiro de outros profissionais da área de alimentação, segurança e recreação pode ser um ótimo negócio, além de fazer o networking e divulgar melhor seu trabalho.

  1. Buffet/alimentação para festas

Se você é daquelas pessoas que têm ótimas mãos para cozinhar, pode tentar o ramo de alimentação para festas. Às vezes algo que sempre foi uma paixão se tornará sua fonte de renda e trabalhar com o que se ama dá ótimos resultados. Claro que é importante buscar especialização e isso pode te ajudar muito na hora de dar credibilidade ao seu negócio. Ao passo que sua empresa for crescendo, você pode até oficializá-la. O Sebrae pode ajudar pequenos empreendedores nessa questão.

  1. Professor particular, tutor ou tradutor

Se você tem conhecimento de uma língua estrangeira, sabe tocar um instrumento ou tem facilidade com alguma disciplina escolar, pode oferecer seus serviços para ajudar crianças, adolescentes e até adultos. Se o seu forte são os esportes, pode também ser um apoio a alguém que precise de noções básicas de vôlei, basquete, futebol, skate e etc.

  1. Cabeleireira, esteticista ou manicure

Parece algo comum? Sim, mas há bastante campo de trabalho, principalmente para quem faz esse tipo de serviço na casa das pessoas. Nem todo mundo que está no mercado de trabalho tradicional consegue ir até um salão de beleza ou clínica estética e, por isso, optam por cuidar da aparência em casa. Aqueles profissionais que fazem o atendimento personalizado podem até propor melhores valores e condições de pagamento.

  1. Fotografia

Apesar das facilidades de hoje com celulares potentes e vídeos na internet que dão dicas para a produção de boas fotos, recomendamos que você encontre um curso que te habilite à profissão. Tendo o nome de uma boa escola no currículo, pode ser mais fácil encontrar trabalho na área. E você pode se especializar em casamentos, fotos de família, fotos de recém-nascidos e aniversários infantis, por exemplo.

  1. Personal Trainer

Se você tem formação na área da Educação Física pode colocar à disposição seu trabalho como personal trainer. Assim como você poderá fazer sua própria agenda de aulas, também terá a liberdade para usar a sua casa (se houver espaço adequado), academias e mesmo praças para poder oferecer um atendimento de qualidade a seus alunos.

  1. Costureira

Você pode atender pessoas em casa ou fazer parceria com empresas para ganhar por peça produzida. Tendo máquina de costura e um espaço que te deixe confortável, você já pode começar o trabalho. Especializar-se na área também é interessante, porque na medida em que vai adquirindo conhecimento, você pode até montar sua própria marca de roupas.

 

*****

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Leia também