Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
2009_the_proposal_wallpaper_002
Casamento e Compromisso

10 filmes para recém-casados

Retratados de forma tocante ou cômica, os primeiros anos de matrimônio sempre dão uma boa história de cinema

Tem coisa melhor que assistir a um filme no final de semana ao lado do cônjuge? E se você soubesse que o hábito de assistir a pelo menos quatro filmes por mês pode derrubar o risco de término do casamento em quase 50%? É o que diz uma pesquisa publicada pela Associação Americana de Psicologia.

Para ajudar você nessa tarefa, o Sempre Família selecionou filmes que falam sobre relacionamentos e podem garantir um tempo gostoso de diversão. Confira nossas dicas e depois nos escreva dizendo que achou:

 

1) Casa Comigo? Ano 2010 | Direção: Anand Tucker | Elenco: Amy Adams, Matthew Goode, Adam Scott

Casa comigo

Anna (Amy Adams) é uma mulher independente que, cansada de esperar pelo pedido de casamento, viaja para Dublin, Irlanda, para tomar a iniciativa e pedir o namorado Jeremy (Adam Scott). Isso porque, segundo a tradição local, o homem não pode recusar um pedido feito no dia 29 de fevereiro. Mas ela passa por vários contratempos na viagem e conhece Declan (Matthew Goode), dono de uma hospedaria, e a história sofre uma reviravolta.

Por que assistir? Além das paisagens incríveis, o filme é engraçado e mostra que numa decisão importante como o casamento, é fundamental que haja comum acordo entre os dois.

 

2) A Proposta | 2009 | Direção: Anne Fletcher | Elenco: Sandra Bullock, Ryan Reynolds, Betty White

a-proposta

Margaret Tate (Sandra Bullock) é uma poderosa editora de livros, que precisa, rapidamente, tirar o visto para não ser deportada para o Canadá. Para isso, ela declara estar noiva de Andrew Paxton (Ryan Reynolds), seu assistente, que é perseguido por ela no trabalho.

Por que assistir? Esse filme mostra que conhecer bem as pessoas é a melhor forma de saber quem elas realmente são.

 

3) Muito Bem Acompanhada | Direção: Clare Kilner | Elenco: Debra Messing, Dermot Mulroney, Amy Adams

cx113514

 

Após ser abandonada no altar, Kat Ellis (Debra Messing) precisar ir ao casamento da irmã, onde o ex-noivo será padrinho. Para mostrar ter superado o abandono, Kat contrata Nick Mercer (Dermot Mulroney) como seu acompanhante no casamento. Mas, além de exercer bem o papel de “namorado”, Nick conquista a simpatia de sua família e demonstra ser um genro perfeito e objeto de desejo de qualquer mulher.

Por que assistir? É um filme super romântico, daqueles com final feliz. E mostra que, para o amor acontecer, é preciso estar aberto para ele.

 

4) A Sogra | 2005 | Direção: Robert Luketic | Elenco: Jennifer Lopez, Jane Fonda, Michael Vartan

MPW-13854

Tudo parecia um conto de fadas para Charlotte Cantilini (Jennifer Lopez) e Kevin Fields (Michael Vartan). O único problema é a mãe dele, Viola (Jane Fonda), que decide atrapalhar ao máximo os planos do casal.

Por que assistir? Esse relacionamento sogra e nora tende sempre para a tensão, ainda mais quando a sogra acaba de perder o emprego e se sente insegura em perder o filho. O filme é bacana para mostrar que nessa relação alguém sempre tem que ceder. Afinal, sogros e familiares virão junto com a nova família formada.

 

5) À Prova de Fogo | 2008 | Direção: Alex Kendrick | Elenco: Kirk Cameron, Erin Bethea, Ken Bevel

20519352

O bombeiro Caleb Holt (Kirk Cameron), reconhecido em seu trablho, em casa  é um marido ausente e depois de sete anos de união o relacionamento está chegando ao fim. O pai de Caleb pede então que ele inicie uma experiência de 40 dias, denominada “O desafio do amor”, na tentativa de salvar o casamento.

Por que assistir? Esse filme é uma injeção de ânimo para quem está passando por problemas no casamento e traz uma mensagem de esperança na restauração de qualquer problema

 

6) O Amor e outras drogas | 2011 | Direção: Edward Zwick | Elenco: Jake Gyllenhaal, Anne Hathaway, Oliver Platt

love_and_other_drugs_r1-cdcovers_cc-front

Jamie Randall (Jake Gyllenhaal) é um namorador confesso e um homem muito ambicioso que passa a trabalhar num grande laboratório da indústria farmacêutica. Como representante comercial, sua função é abordar médicos e convencê-los a prescrever os produtos da empresa para os pacientes. Em uma dessas visitas, ele conhece Maggie Murdock (Anne Hathaway), uma jovem de 26 anos que sofre de mal de Parkinson. O que parecia ser um caso sem compromisso evolui para amor e os dois precisam encarar a realidade da doença e o futuro que ela apresenta.

Por que assistir? Aqui é possível ver o amor atuar na luta para um relacionamento que certamente será cheio de desafios. É muito bacana também ver a escolha de um homem em amar e cuidar da mulher que tem uma doença incurável.

 

7) Longe Dela | Direção: Sarah Polley | Elenco: Julie Christie, Gordon Pinsent, Olympia Dukakis

longe-dela-poster01

Grant (Gordon Pinsent) e Fiona (Julie Christie) formam um casal feliz, que tem sua vida abalada quando ela é diagnosticada com o mal de Alzheimer. Ao aceitar a doença e se internar numa clínica – onde uma das regras é não receber visitas durante os primeiros 30 dias – Fiona não reconhece o marido quando ele finalmente consegue vê-la. Além disso, Fiona está agora afeiçoada por Aubrey (Michael Murphy), outro paciente da clínica, o que faz com que o marido tenha que se contentar com sua nova condição de “amigo” ao mesmo tempo em que tenta ajudá-la a se lembrar do passado.

Por que assistir? Vale a reflexão de como o casamento deve ser encarado ao enfrentar uma grave doença.

 

8) Simplesmente Complicado | 2010 | Direção: Nancy Meyers | Elenco: Meryl Streep, Alec Baldwin, Steve Martin

20205571

Jane (Meryl Streep) é mãe de três filhos e mantém uma relação amigável com Jake (Alec Baldwin), seu ex-marido, de quem se separou há dez anos. Quando eles se encontram para a formatura de um dos filhos, fora da cidade, surge um clima e eles passam a ter um caso. Só que Jake está casado de novo, o que faz com que Jane torne-se sua amante.

Por que assistir? Além de ser super engraçado, o filme mostra que a intimidade com o cônjuge e a história que construíram juntos pode ser mais forte que os motivos que levaram ao divórcio.

 

9) Até que a Sorte nos Separe | 2012 | Direção: Roberto Santucci | Elenco: Leandro Hassum, Danielle Winits, Kiko Mascarenhas

até-que-a-sorte-nos-separe

Tino (Leandro Hassum) é um homem comum que, após ganhar na loteria, passar a levar uma vida de ostentação ao lado da mulher, Jane (Danielle Winits), e gasta todo o dinheiro em 15 anos. Ao se ver quebrado, Tino aceita a ajuda do vizinho Amauri (Kiko Mascarenhas), tentando evitar que Jane descubra a nova situação financeira, afinal ela está grávida do terceiro filho e não pode passar por fortes emoções.

Por que assistir? Apesar de super cômico, o filme traz à tona o verdadeira sentido dos votos de casamento: na alegria e na tristeza, na riqueza e na pobreza. É muito legal ver que, apesar de tudo, em nenhum momento o divórcio é colocado como opção.

 

10) Separados pelo Casamento | 2006 | Direção: Peyton Reed | Elenco: Jennifer Aniston, Vince Vaughn, Jason Bateman

20136460

Brooke (Jennifer Aniston) e Gary (Vince Vaughn) estão juntos há dois anos e a vida a dois já não tem a mesma paixão do início e eles decidem terminar o relacionamento. Mas nenhum deles aceita deixar o apartamento que vive, o que faz com que continuem morando juntos. Inicialmente eles tentam viver pacificamente, mas logo descobrem que a melhor saída é tornar a vida do outro um inferno, de forma que saia do apartamento o mais rapidamente possível.

Por que assistir? Esse filme mostra de maneira engraçada situações pelas quais milhões de casais passam ou vão passar. Vale a pena assistir, refletir e discutir.

Leia também