Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
A stamp printed in Spain shows map with the routes of the Camino
eu3
Tathiane Locatelli

Uma Andarilha

Para quem está de passagem, só o essencial vale a pena

Gal Gadot estava grávida de 5 meses durante as gravações de “Mulher Maravilha”

A atriz israelense estava grávida de cinco meses quando retornou aos estúdios para refazer algumas cenas do filme.

14263961_756769304461023_5570093275351121560_n

Gal Gadot não é a mulher maravilha só nos cinemas, ela também é na vida real!

Conforme Entertainment Weekly, a atriz israelense estava grávida de cinco meses quando retornou aos estúdios para refazer algumas cenas antes do lançamento do filme.

As gravações originais haviam terminado e, um mês depois, Gadot engravidou. Entretanto, durante a montagem, algumas cenas não ficaram como se esperava e por isso, seis meses depois, a atriz foi chamada para voltar ao set.

Nesse momento, Gadot estava grávida de cinco meses. Uma vez que é difícil esconder a barriguinha de grávida com roupas tão justas – como é o figurino da Mulher Maravilha – foi preciso fazer um pouco de “mágica” cinematográfica para ocultar o abdômen da atriz.

Gadot declarou ao Entertainment Weekly que “Em tomadas fechadas, eu parecia muito com a Mulher Maravilha. Mas em tomadas amplas, eu estava muito engraçada! Eu era a Mulher Maravilha grávida!”

As cenas que Gadot teve que refazer não eram atuações sentada nem de descanso. Eram cenas de ação que requeriam combate e dinamismo. O produtor Chuck Roven, sobre Gadot, afirmou que “Ela não podia fazer uma quantidade enorme de atividade física mas estava sendo agressiva. Ela tinha que ser durona. Foi especial. Tenho trabalhado nessa indústria já faz algum tempo e nunca vi algo como isso.”

A diretora do filme, Patty Jenkins, revelou ao Entertainment Weekly que “Nós pedimos para ela fazer um montão de coisa: ‘Agora faz isso se apoiando em um pé só’. ‘Agora atire enquanto você faz isso’. ‘Agora está chovendo no frio congelante e você perdeu a sua voz, vai!’ A cada dia era um desafio e ela encarava”; e concluiu: “Agora, pelo menos, poderemos contar a sua filha Maya que ela estava na barriga da mãe naquele momento das cenas de batalhas!”.

Enfim, coisas de super-heróis… Nada que uma super-mãe não seja capaz. 😉

 

Publicado originalmente no Em Peregrinação.

 

Tathiane Locatelli

Twitter @tathilocatelli

 

Curta a página do blog Uma Andarilha no Facebook.

Andarilha 1

 

 

 

 

Por

Comentários

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.

Leia também