Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
15536660_10209931922029110_1475908632_o
20160327_180614
João Pedro da Luz Neto; Debora Duarte Costa

Prósopon

Resenhas literárias

#Resenha: Mensagens de Nossa Senhora Aparecida

"Mensagens de Nossa Senhora Aparecida" é especial porque busca o sentido espiritual nos episódios da aparição.

22308647_1872404896122886_2065849099571724092_n

Levando em conta o feriado de hoje, em que os católicos do Brasil comemoram o dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira nacional, trago aos leitores o lançamento da editora Quadrante: o livro “Mensagens de Nossa Senhora Aparecida”. Pessoalmente, conheço alguns livros que falam sobre a história da aparição, elencam alguns dos milagres mais famosos… mas este livro é especial porque procura o sentido espiritual em todos estes episódios – de modo que sejam úteis a todos os brasileiros.  Sua leitura deve ser feita de modo meditativo, porque só assim seremos capazes de contemplar as mensagens de Nossa Senhora. Nestes tempos difíceis que o nosso país enfrenta, é certamente salutar ouvir (e cumprir) os apelos da mãe de Jesus – e vivermos, nós mesmos, uma vida santa.

 

Hoje serei mais breve que o normal, pois gostaria de publicar a apresentação que o próprio autor fez de sua obra, generosamente cedida para nós.

————————————————————–

O QUE NOS DIZ NOSSA SENHORA APARECIDA?

A devoção a Nossa Senhora Aparecida tem um papel muito relevante na história da Igreja no Brasil. A liturgia da festa da Padroeira ressalta essa dimensão histórica na oração coleta:

Ó Deus todo poderoso, ao rendermos culto à Imaculada Conceição de Maria, Mãe de Deus e Senhora nossa, concedei que o povo brasileiro, fiel à sua vocação e vivendo na paz e na justiça, possa chegar um dia à pátria definitiva.

Como escreveu Mons. Vicente Ancona Lopes:

“Desde a sua descoberta em 1500, os reis da dinastia de Avis projetaram fazer do Brasil uma grande nação cristã. Aquela primeira evangelização levada a cabo por franciscanos, jesuítas, carmelitas, etc. foi muito profunda, e a fé cristã faz parte do DNA do nosso país.

Não é descabido traçar um paralelismo entre o papel de Nossa Senhora Aparecida na história do Brasil e o de Nossa Senhora de Guadalupe no México. É fato histórico que o milagre de Guadalupe, na aurora da colonização da América, teve enorme influência na conversão dos astecas e na configuração católica da América espanhola. Paralelamente, guardando as distâncias, no momento em que a cultura brasileira começava a ter a sua própria personalidade, no ano 1717, quando já se dava aqui essa mistura de europeus, índios e africanos que configuram a amálgama brasileira, a devoção à Aparecida veio catalisar e confirmar essa identidade católica do país projetada e implantada por Portugal e ameaçada na altura por invasores calvinistas e huguenotes procedentes da Europa.

Quando João Alves lançou a rede no Rio Paraíba e achou o corpo da imagem, e depois lançou de novo e encontrou a cabeça, vendo o perfeito encaixe das duas peças, gritou com entusiasmo para os outros dois pescadores, seu pai Domingos e Felipe Pedroso: «A Virgem Maria está conosco!». Com o crescimento da devoção a Aparecida, esse grito pode ser aplicado ao Brasil como nação. É verdade! Nossa Senhora Aparecida está conosco e protege o Brasil! Nossa Senhora quer que saibamos que Ela tem desígnios especiais para o nosso país e deseja que contemos com sua presença em Aparecida para ajudar-nos a que se cumpram os planos de seu Filho e as bênçãos de Deus Pai para nós brasileiros”.

Desde o encontro da sua imagem, a devoção a Nossa Senhora Aparecida foi se consolidando de uma maneira espontânea e viva por meio de atitudes, palavras e gestos afetuosos, próprios dos filhos para com a Mãe. Hinos, cantos litúrgicos, orações e até poemas e canções populares foram compostos em sua honra. Reproduções da pequenina imagem espalharam-se por numerosas igrejas, capelas, oratórios e lares cristãos do Brasil. Inumeráveis medalhas da Virgem de Aparecida pendem de pescoços e terços. Muitas pessoas amarram nos pulsos fitas com jaculatórias à Nossa Senhora Aparecida. As novenas à Nossa Senhora Aparecida são realizadas nas centenas de paróquias dedicadas à nossa Padroeira, principalmente em preparação à sua festa, no dia 12 de outubro. E seria impossível contar quantos terços são recitados todos os dias diante de suas imagens espalhadas pelo território nacional inteiro. Incontáveis também são as visitas e romarias ao Santuário Nacional, realizadas pelos mais diversos meios de locomoção, para honrar a Virgem Maria, recorrer à sua intercessão, agradecer e pagar promessas por graças significativas alcançadas. Ir ao Santuário tem o sabor de voltar à «Casa da Mãe», onde todos os filhos se encontram a gosto e experimentam maior união com seus irmãos.

Milhões de pessoas vão anualmente a Aparecida abrir o coração a Maria. Contam-lhe alegrias e tristezas, sucessos e fracassos; compartilham com Ela os bons desejos dos seus corações, os nobres ideais que neles brotaram… Desabafam com sua Mãe espiritual as preocupações, dificuldades e necessidades da vida, depositando-as nas suas mãos misericordiosas e recebendo consolo e conselhos maternais. Em Aparecida, Maria volta a dizer aos homens: «Fazei o que meu Filho vos disser» (cf. Jo 2, 5). Para crescermos e aprofundarmos ainda mais na devoção à Nossa Senhora Aparecida, devemos conhecer cada vez melhor a vida santa da Virgem Maria – suas ações e virtudes – para imitá-la. E devemos conhecer também a história da sua «aparição» e da sua poderosa intercessão.

Para ajudar a viver o Ano Nacional Mariano, escrevi o livro “Mensagens de Nossa Senhora Aparecida” procurando recordar a história da aparição da pequena imagem de Nossa Senhora da Conceição nas redes lançadas por três pescadores nas águas do Rio Paraíba do Sul; os principais milagres ocorridos por sua intercessão; e, também, alguns elementos da história do Santuário Nacional e da devoção à nossa Padroeira.

Como é sabido, em alguns outros lugares do mundo, como por exemplo, em Fátima e Lourdes, Nossa Senhora deixou-nos mensagens através dos videntes das suas aparições. Cabe-nos perguntar: Maria teria alguma mensagem a nos deixar em Aparecida? Como em Aparecida Nossa Senhora não se manifestou, propriamente, a algum vidente, somente podemos desvendar suas mensagens por meio da interpretação dos sinais que ela nos deixou.

Considerando na oração os belos sinais que Maria nos deixou em Aparecida, penso que podemos atribuir-lhe resumidamente as seguintes mensagens:

  • Se a minha imagem Aparecida era de Nossa Senhora da Conceição, foi para recordar aos meus filhos o desejo que tenho de que sejam santos e imaculados na presença de Deus.
  • Se a minha imagem foi resgatada em duas partes – cabeça e corpo, que se encaixavam perfeitamente – foi para recordar aos meus filhos brasileiros a importância de que a razão domine os sentimentos, a fim de que possam cumprir a vontade de Deus em cada momento de suas vidas.
  • Se, logo após o encontro da minha imagem, produziu-se uma pesca milagrosa, foi para que soubessem que contavam com a minha intercessão maternal para realizar um apostolado fecundo no Brasil.
  • Se, com a pesca milagrosa, salvou-se o banquete oferecido ao governador, foi para que não se esquecessem jamais que eu sou Mãe de Misericórdia, atenta até mesmo às menores necessidades dos meus filhos.
  • Se, quando o povo rezava diante da minha imagem, fiz com que as velas se reacendessem, foi para que recorressem à minha intercessão sempre que desejassem que o fogo do Amor de Deus se reanimasse em suas vidas.
  • Se libertei um escravo de suas algemas, foi para que não se esquecessem que meu Filho deseja que todos os homens sejam livres, principalmente da escravidão do pecado, e que me implorassem com confiança a sua libertação.
  • Se permiti que a minha imagem fosse despedaçada em mil fragmentos e depois restituída em sua integridade, foi para manifestar o ardente desejo do meu Filho de alcançar a unidade da Igreja e a unidade de vida de cada cristão.
  • Se alcancei a tantos romeiros imensas graças de Deus no Santuário Nacional, foi para que tivessem a certeza de que eu, a Virgem Maria, estou com vocês, também no Brasil, manifestando sempre o meu amor maternal.

Espero queatravés da leitura destas “Mensagens de Nossa Senhora Aparecida”, Santa Maria também lhe fale ao coração, e que Deus o ilumine para que estas mensagens fiquem sempre gravadas em sua memória.

Devo reconhecer que o livro publicado está inacabado, pois há muitas outras mensagens de Nossa Senhora Aparecida a serem desvendadas. Por isso, ele continuará“a ser escrito”por cada católico, ao meditar em seu coração sobre a vida de Maria, os milagres ocorridos por sua intercessão e os sinais que a Mãe de Deus e nossa continua a realizar em Aparecida.

Recorro à Nossa Senhora da Conceição Aparecida, pedindo graças para que, através das mensagens do presente livro, Maria fale ao coração das pessoas e as ajude a desvendar a vontade de Deus para si próprias, a fim de que todos possamos também dizer: Faça-se em mim segundo a tua palavra (Lc 1, 38).

Pe Flávio Sampaio de Paiva é sacerdote da Prelazia do Opus Dei, em Curitiba. Doutor em teologia Moral pela PUSC-Roma.
(e-mail:flaviospaiva@gmail.com)

 

Capa do Livro Mensagens

Mensagens de Nossa Senhora Aparecida

Padre Flávio Sampaio de Paiva.

São Paulo: Quadrante, 2017.

Por

Comentários

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.

Leia também