Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Foto: Facebook/Rádio Vaticano/Ansa
Foto: Facebook/Rádio Vaticano/Ansa
Defesa da Vida

Papa Francisco emociona mães com visita surpresa à UTI neonatal

Segundo o porta-voz do Vaticano, Francisco quis mandar uma mensagem clara sobre a importância da vida desde o seu primeiro instante até o seu fim natural.

O papa Francisco visitou nessa tarde (16/09) duas unidades de saúde de Roma, uma especializada no tratamento de bebês e crianças e outra dedicada a doentes com câncer. O gesto aconteceu no âmbito do Ano Santo da Misericórdia, em que mensalmente Francisco tem realizado uma visita surpresa a alguma instituição dedicada aos necessitados.

O primeiro lugar visitado foi o Pronto Socorro e Unidade Neonatal do Hospital San Giovanni de Roma, onde estão internadas doze crianças recém-nascidas com vários tipos de doenças. Cinco desses bebês (dos quais dois são gêmeos) estão entubados em terapia intensiva e, apesar da situação grave, recebem assistência e cuidados em uma estrutura com equipamentos modernos e adequados a altos padrões. O papa se deteve em cada incubadora e consolou também os pais que estavam presentes.

Como de regra nos hospitais, Francisco precisou usar máscara de proteção, além de se submeter a todas as precauções higiênicas para respeitar o ambiente. No andar superior do San Giovanni, Francisco visitou também a unidade infantil onde outras crianças estão hospitalizadas. O papa foi recebido com surpresa por toda a equipe de médicos e enfermeiros, pais e pequenos pacientes.

Em seguida o papa foi até o Policlínico Universitário Gemelli de Roma, da Universidade Católica Sacro Cuore. Francisco visitou a unidade “Hospice Villa Speranza”, uma estrutura dedicada aos doentes com câncer e que atende trinta pacientes em fase terminal. Na sua chegada, os responsáveis deram as boas-vindas ao papa, que desejou saudar cada doente, um por um no seu quarto. O Policlínico Gemelli é o lugar onde João Paulo II ficou internado em várias ocasiões.

Segundo a Sala de Imprensa da Santa Sé, com mais essa obra de misericórdia, o papa quis mandar uma mensagem clara sobre a importância da vida desde o seu primeiro instante até o seu fim natural. “Acolher a vida e garantir a sua dignidade em cada momento do seu desenvolvimento é um ensinamento sublinhado muitas vezes pelo papa Francisco”, disse o comunicado.

 

Com informações da Rádio Vaticano.

*****

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-no no Twitter.

Leia também