Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Gazeta (1)
Dayane Dos Anjos
Dayane Dos Anjos

Manual do Recém-Nascido

Um papo de mãe para mãe

Quem sou eu?

Meu nome é Dayane Dos Anjos, apaixonada pelos primeiros dias de vida dos bebês e o que eu chamo do início da melhor fase de nossas vidas. Conheça um pouco mais sobre mim.

quem-sou-eu-dayane-dos-anjos

Olá, meu nome é Dayane Dos Anjos, sou mãe da Letícia (7 anos) e do Daví (3 anos), sou também fotógrafa especializada em Gestantes e Newborn, Consultora em Amamentação e apaixonada pelos primeiros dias de vida do bebê.

Meu assunto preferido é amamentação, pois requer muita atenção, aprendizado e apoio às mães que querem amamentar, além de acreditar que seja um elo muito profundo que criamos com nossos filhos, nós mulheres somos capazes de gerar e alimentá-los com o nosso próprio corpo, e isso é simplesmente incrível.

É claro que a minha vida de mãe não foram só experiências lindas e coloridas como vemos em novelas ou comerciais de TV, muito pelo contrário, a começar pela amamentação. Mas na época eu não tinha informação e me sentia como muitas mulheres, sozinha e cheia de dúvidas.

Isso que eu podia contar sempre com o meu marido, mas na amamentação, por exemplo, era algo que eu tinha que fazer e achava que tinha que saber, mas não é bem assim. Eu pensava que estava sozinha, mas muitas mulheres passam por isso também. As dúvidas e dificuldades não aconteceram só com a minha primeira filha, mas principalmente com o meu segundo filho.

Logo que o Daví nasceu comecei a me interessar pela fotografia Newborn, eu já era fotógrafa há 7 anos de eventos sociais, mas sempre amei crianças e principalmente bebês. Eu já tinha visto algumas dessas fotografias e achava lindas, mas nunca tinha feito, então comecei a estudar a fundo.

Esse ensaio geralmente tem um tempo de duração longo, de 3 a 4 horas, pois precisamos respeitar o ritmo do bebê, basicamente as mamadas, e era nessa hora que eu via muitas mulheres passando pelo o que eu passei: bico machucado, rachado e dor ao amamentar. Eu não aguentava ver aquilo, sempre que vejo uma mulher sentindo dor assim, acho que sinto as minhas dores outra vez.

Então comecei a estudar e me encantar pela amamentação, e descobri que não se deve sentir dor ao amamentar e os porquês. Nem preciso dizer como fiquei feliz com isso, e fissurada por esse tema, eu já pensava que não podia estar certo, não podia ser um castigo amamentar, pois é algo tão incrível e bom para mãe e bebê.

Pesquisei, estudei e estudo até hoje, recentemente fiz o curso de Consultoria em Amamentação no Gama em São Paulo, para complementar e confirmar os meus conhecimentos e ter a certeza que estava no caminho certo. E sigo me interessando por amamentação e absolutamente tudo que diz respeito aos primeiros dias de vida do bebê.

Hoje além de fazer os ensaios dos recém-nascidos, acabo prestando uma consultoria para as mães durante a sessão, oriento, tiro dúvidas, e principalmente ajudo com a pega correta, isso parece tão simples, mas ao meu ver é a chave de uma qualidade de vida para mãe e bebê nesses primeiros dias, o alimento e o amor são distribuídos sem sofrimento.

E nesse blog quero compartilhar dicas baseadas em minhas experiências de vida pessoal e profissional, com meus textos e também compartilhando os vídeos que faço dando dicas sobre os primeiros dias de vida do bebê.

Será um papo de mãe para mãe, espero que gostem. :)

……………………………………………………………………………………………………….

Caso você queira me conhecer um pouco mais ou do meu estúdio, confere os links abaixo :)

Facebook: fb.com/dosanjosfotografia
Instagram: @dosanjosfotografia
Site do estúdio: www.dosanjos.fot.br

Por

2 Comentários

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.

  1. Olá Dayane, sou mãe de um casal e tive muita dificuldade de amamentar meu primeiro bb, considero muito importante que a mãe tenha a ajuda de alguém para orientar nesta fase, isso certamente teria me ajudado na época e evitado sofrimento!!
    Também sou blogueira aqui do Sempre Família, seja bem-vinda :)

    • Oi Julianna, obrigada! 😀

      Eu também sou mãe de um casal, e tive muitas dificuldades com a amamentação, eu nem sabia que não era normal doer ao amamentar por exemplo. Foi estudando sobre bebês, principalmente por fotografar os recém-nascidos, que cheguei na amamentação e daí não parei mais. Esse blog é justamente para tentar passar algumas dicas sobre recém-nascidos, para que cada vez menos recém-mamães, passem pelo o que passamos. 😀

      Eu vi seu blog aqui, adorei! :)

Leia também