Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Reprodução/YouTube
Reprodução/YouTube
Defesa da Vida

“Escutei o ruído que fez quando o trituravam”, diz modelo arrependida de ter abortado

A modelo paraguaia Adela Alonso falou sobre a dificuldade em lidar com o que aconteceu e em perdoar-se a si mesma.

A modelo paraguaia Adela Alonso recordou em um programa de televisão sobre o aborto que realizou no começo de sua carreira. “Eu abortei. Escutei o ruído que fez quando o trituravam. Não consigo lidar com isso. Não consigo esquecer”, confessou ela. “Me sinto uma assassina”.

“Abortei em um dia 17 de abril, dois dias depois do meu aniversário”, lembrou ela, no reality show Mundos Opuestos, da Red Paraguaya de Comunicación, enquanto apresentava a sua história de vida. Ela é um dos 16 participantes do programa que estreou no início de julho.

Cássia Kis revela que fez aborto mas hoje “lamenta profundamente”

“Foi a coisa mais difícil da minha vida”, disse, entre lágrimas, a modelo de 22 anos. “Mesmo que tenha me confessado, me custa perdoar a mim mesma. Não estou tranquila comigo mesma”.

“Perdão, Fausto, ou perdão, Adela”, disse ainda a modelo, olhando para o alto. “Porque se o bebê fosse menino, seria Fausto, e se fosse menina, Adela”. O reality show, originário do Chile, está em sua primeira edição no Paraguai.

 

 

*****

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

7 Comentários
  1. Que irresponsável publicar uma coisa dessas. Primeira pergunta: pq o blog não comentou nada sobre a menina de 10 anos que foi violentada num estupro coletivo no Rio e está grávida? Nem uma notinha? Segundo: ninguém tritura ninguém em um aborto onde o processo é legalizado. Vc faz aborto químico: toma um comprimido, menstrua, acabou. Ela não vê nada se está com 8 semanas, se está com 8 a 12 semanas faz aspiração do utero em clínica como se fosse uma curetagem, mas toma anestesia para isso, não vê nada do mesmo jeito e não tem trituração de nada já que o embrião é uma massinha pequena. Matérias sensacionalistas tornam a coisa pior para quem precisa abortar e semeia ódio, via ignorância dos fatos, entre os que estão formando opinião e os que precisam do aborto. Ninguém é obrigado a abortar e até 12 semanas devia ser permitido a quem precisa. Não cabe a um grupo de pessoas sem noção da vida miserável que muitas mulheres levam, deturpar mais as coisas, julgar as pessoas e apedrejar estas mulheres. Se prestem a informar e não piorem a vida de quem já sofre muito.

    • Vejam só como uma pessoa pode ser má sem nem mesmo perceber. O que a Zilda R disse aí em cima seria semelhante a dizer que o extermínio de judeus pelos nazistas usando gás era uma boa solução já que matava de uma maneira mais humana do que era antes, ou seja, usando balas. Uma criança está sendo assassinada, ora essa! É uma vida. E uma vida inocente que nem mesmo terá uma chance de poder nascer e já está sendo condenada pela própria mãe. O que há de sensacionalista em dizer a verdade? Omitir a verdade, como quer a Zilda R é que é absurdo. Zilda R, você é uma pessoa muito ruim. Se você deseja matar seus filhos, faça-o sozinha e pare de querer tornar outras mulheres cúmplices de suas maldades.

    • Sobre a menina não preciso nem comentar nada ja que caso você não saiba, aborto por estupro é permitido, em segundo , olhe o ano em que ela fez a cirurgia e a clinica, alem de essas serem as leis do Brasil, olhe tambem o fato de que INDEPENDENTE de a mulher ver ou não isso acontecer com o feto, isso ainda aconteceu com ele, pra adicionar pergunta pra uma mulher que abortou qual é mais facil, somente fazer sexo quando você estiver pronto(a) pra ter um filho, ja que desde o inicio esse ato deveria ser so pra reprodução, ou fazer sexo com alguem que você definitivamente vai abortar, e so pra piorar ainda não se proteger com uma das inumeras formas. Só pra finalizar digo uma ultima coisa, se ela não queria ter filho, simplismente ela poderia doar ele a uma instituição ou um orfanato, ele provavelmente iria ter uma vida muito dificil, mas muitas mães ja fizeram isso, e pergunta pro filho que foi deixado la e ja cresceu, se ele preferia ter a vida dura que ele teve, ou ter sido abortado.
      Por acaso usei muito essa mulher de exemplo por que as atitudes dela foram erradas sim, tanto que ELA MESMA se arrependeu, ela e a maioria das mulheres que abortam, na proprioa opinião delas, elas mataram uma criança, não vou apredejar ela por causa disso mesmo que a rrependimento não cure nada.

    • Você está completamente mal informada, e ainda defende o aborto sem nem saber do que se trata. Está confundindo aborto com a pílula do dia seguinte. Existem 6 métodos de abortar uma criança. Ilusão sua achar que a mulher vai abortar somente quando o feto é uma massa disforme. Tem fetos com 3 meses, 4 meses, que já possui forma de criança. Pesquise o que é curetagem, que nada mais é do que picotar o feto, esmagar a cabeça, e aspirar para fora. Outra forma é a sucção, que também dilacera o feto. Ou a solução salina, que envenena e queima o feto, ou o parto parcial, onde o parto é induzido e a criança é morta fora do útero. Da mesma forma, funciona a histerotomia, onde o feto é abandonado para morrer depois de retirado da mulher. Tudo isso pode ser evitado por anticoncepcional, camisinha e RESPONSABILIDADE!! Não estamos falando de lixo, estamos falando de vida! Uma vida que não recebe nenhum tipo de anestésico antes de ser exterminada! Isso sim é sofrer! Se informe você antes de defender o assassinato de inocentes!

Leia também