Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
bigstock--185891737
Virtudes e Valores

Como seu local de trabalho pode te ajudar a ser uma pessoa mais gentil

Entenda por que a gentileza é uma virtude que pode tornar seus dias mais felizes

Atitude simples, a gentileza costuma passar desapercebida na rotina corrida que as pessoas levam. Pode ser o ato de segurar a porta para quem vem logo atrás, repartir o sanduíche no café da tarde da empresa ou mobilizar amigos para arrecadarem roupas aos necessitados no inverno. Ser gentil está diretamente ligado à felicidade não só do que recebe, mas também daquele que oferece. E essa virtude é tão importante que desde o ano 2000, 13 de novembro foi designado como o Dia Mundial da Gentileza.

Sonja Lyubomirsky, professora da Universidade de Stanford, diz que a relação entre felicidade e gentileza funciona como um mecanismo para a sustentabilidade da felicidade a longo prazo. Portanto, uma pessoa gentil, mantém melhores relações sociais, de trabalho e principalmente familiares. Inclusive, é em casa que se inicia a formação de um indivíduo gentil, já que é observando os exemplos em sua família, que as crianças desenvolvem maior empatia e generosidade. “Não temos estudos fechados que digam que há uma predisposição genética, mas sabemos que as crianças aprendem com um espelho do que têm em casa”, explica Graciela Sanjutá Soares Faria, coordenadora do curso de Psicologia do UniBrasil Centro Universitário.

6 conselhos para manter suas amizades

Mas se não houve essa percepção durante a infância e a pessoa acabou crescendo sem uma referência de gentileza, e já adulto ela se percebe sendo intolerante e mesmo indiferente, Graciela aconselha a autoanálise. Segundo ela, é importante que o indivíduo olhe para si e reconheça que há um ciclo de raiva ou ódio, que precisa ser quebrado. “Veja se você é cordial e agradável, ou se é facilmente irritável. Pergunte a pessoas próximas a você, como elas te veem”, explica a especialista. Graciela diz que é preciso estar disposto a ser gentil e para alcançar esse objetivo é preciso se propor a isso diariamente.

 

Gentileza no trabalho

Um bom aliado na formação do senso de gentileza nas pessoas, acredite, é o local de trabalho. Isso porque, é ali que o indivíduo passa boa parte de seu dia e são as influências deste espaço que contribuem para sua saúde mental. Por esse motivo, os atos de gentileza e cuidado são fundamentais para que o clima organizacional seja bom. Percebendo isso, muitas empresas já têm em seu calendário anual, ações de voluntariado que estimulam as virtudes em seus funcionários, como é o caso do Mc Donald’s, que há 15 anos promove o Programa Bom Vizinho.

6 sinais de que é hora de terminar uma amizade

Gabriella Backes, de 20 anos, é anfitriã do restaurante do Shopping Curitiba e embaixadora do programa Bom Vizinho, no local.  O programa é um incentivo ao espírito solidário das equipes formadas por funcionários voluntários que desenvolvem ações em benefício da comunidade. Para ela, esse estímulo é muito importante para mostrar aos funcionários outras realidades e isso que ajuda eles a valorizarem o que têm dentro e fora da empresa. A ação é mensal e os funcionários participantes estão sempre motivados em ajudar.  “Nós arrecadamos itens para doação, fazemos plantio de mudas de árvores e outros atos de voluntariado, e todos procuram fazer sempre seu melhor”, conta.

Esses atos de bondade em grupo são essenciais para a transformação do local de trabalho, já que os funcionários são parte da construção do clima organizacional. E o que eles adquirem dentro do ambiente em que passam a maior parte de seu dia, consequentemente é levado para sua vida pessoal. Se alguém é cordial e agradável, inevitavelmente vai receber as mesmas atitudes em troca. “As tarefas são feitas com prazer e o profissional fica bem ali. Ele é gentil e recebe gentilezas em troca, e esse é um círculo virtuoso”, avalia a especialista. Além disso, ela reforça o que Gabriella vê na prática no programa Bom Vizinho: o incentivo ao voluntariado contribui para a ampliação da visão de universo e a valorização de conquistas pessoais. “É como se as pessoas se tornassem mais gratas pelo que os cerca”, afirma Graciela.

***

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-no no Twitter.

 

Leia também