Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
bigstock-Family-saving-money-by-moving--107247809
Finanças pessoais

13º salário: como pais e mães podem usa-lo da forma mais benéfica para a família

Estabeleça prioridades que evitem o desperdício do dinheiro extra

Festas de fim de ano chegando, presentes para comprar, viagem de férias, promoções mil e o dinheiro extra que entra com o décimo terceiro. Tudo isso junto parece que fecha uma conta bem legal, não é? Mas é preciso cautela para fazer bom uso do décimo terceiro e usá-lo bem neste fim de ano. A economista e professora do UniBrasil Centro Universitário, Franciéle Lourenço traz algumas dicas para que as famílias usem com sabedoria esse benefício.

 

Dívidas

Se as finanças durante o ano foram apertadas e você acabou se endividando, a indicação da economista é de pagar primeiro as contas que tenham juros mais altos e negociar endividamentos. Dessa maneira é possível se programar com o restante da renda.

 

Presentes de Natal

Não tem como não presentear quem amamos nesta época do ano. Mas é possível fazer isso com sabedoria. Fazer a lista e traçar valores para cada presente dá um panorama do que pode ser feito com o dinheiro que tem na carteira. “Não podemos esquecer de negocias as formas de pagamentos e pechinchar na hora da compra”, comenta a economista.

 

Férias

Se o valor do décimo terceiro for usado para o descanso da família no fim de ano é importante analisar muito bem as formas de pagamento e ficar atento aos descontos oferecidos.

 

Gastos de início de ano

É importantíssimo pensar no curto prazo e já ter um planejamento financeiro, com controle de entradas e saídas de dinheiro, para evitar que as contas de acumulem. Franciéle explica que janeiro e fevereiro são os meses em que se tem os maiores gastos. Para os trabalhadores autônomos ainda, é comum a queda dos serviços em virtude das férias.

 

Como última recomendação a Franciéle chama a atenção para as tentações de final de ano. “Cuidado com as compras por impulso e desnecessárias, com os parcelamentos e não deixe de fazer o controle financeiro”, sinaliza.

*****

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-no no Twitter.

Leia também