Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Facebook
Facebook
Virtudes e Valores

Como a boa ação de uma desconhecida fez esse homem achar um doador de rim

Aos 60 anos, ele tinha problemas renais desde os 12 – e até viajou para a Disney para encontrar um doador.

“Se uma estrela aparecer…”, diz a velha canção do filme Pinóquio, de 1940, que se tornou um símbolo da própria Disney – é o som instrumental que ouvimos na abertura de cada filme da companhia. Foi com a mesma esperança que Gepeto e Pinóquio depositaram na estrela cadente que Robert Leibowitz viajou ao Walt Disney World, em Orlando, em agosto de 2017, com uma camiseta em que se podia ler: “Preciso de um rim. O Positivo. Ligue para 917-597-2651” – Leibowitz, de 60 anos, sofre de problemas renais desde os 12.

Jovem dança valsa em festa de 15 anos com pai da bebê que lhe doou o coração

A empreitada de Leibowitz e seus filhos no Magic Kingdom – que recebe cerca de 47 mil visitantes por dia – saiu melhor que a encomenda. Rocío Sandoval estava no parque com seu marido Juan, celebrando seu aniversário, quando viu a camiseta de Leibowitz, se aproximou e perguntou se poderia tirar uma foto para postar no Facebook. Vendo o senhor empurrando o filho em uma cadeira de rodas, ela imaginou que era o jovem que necessitava do órgão.

Leibowitz, de Nova Jersey, não escondeu a sua surpresa ao saber que uma pessoa que ele nunca tinha visto queria ajudá-lo a encontrar um doador. “Eu só queria fazer algo bom para alguém”, disse ao site 10News Sandoval, que imaginava que o post teria uns cem compartilhamentos no primeiro dia. Ela estava enganada: apenas um dia depois de ser postada, a foto já tinha 33 mil compartilhamentos.

Foi quando ela passou pelo feed de Richie Sully, de Indiana. Ele resolveu fazer um exame para descobrir se seu rim era compatível – e era! “A última coisa que eu desejaria aos meus filhos é que eles se perguntassem toda noite ao ir para cama quanto tempo mais eles têm comigo”, disse Sully.

Jogador de futebol abandona carreira para doar fígado e salvar vida de sobrinho

Mas a enorme ajuda que Sandoval deu a Leibowitz não parou por aí. Em mais uma boa ação, ela organizou uma campanha na plataforma GoFundMe para pagar a viagem e a cirurgia de Sully em Nova York. “Não é como se não tivéssemos uma cura para doenças renais”, disse Leibowitz. “Nós temos. É a humanidade. A humanidade mudou seu nome para Richie Sully”. A cirurgia de Leibowitz será na próxima quinta, dia 18.

***

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Leia também