Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo
Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo
Atualidades, Esporte

Comitê Olímpico Internacional reclama da faixa “100% Jesus” de Neymar

Como de costume, o jogador usou a faixa ao comemorar a medalha de ouro inédita para o futebol brasileiro

O Comitê Olímpico Internacional (COI) informou que enviará uma carta de protesto à delegação brasileira por causa da faixa que Neymar usou na cabeça ao comemorar a vitória contra a Alemanha no sábado (20/08) que garantiu a primeira medalha de ouro olímpica do futebol brasileiro. A faixa trazia a inscrição “100% Jesus”.

As regras dos Jogos Olímpicos não permitem nenhuma manifestação de cunho político, comercial ou religioso nas cerimônias de entrega de medalhas, mas Neymar optou por usar a faixa mesmo assim, como já fez outras vezes.

O diretor executivo do COI, Christophe Dubi, disse então ao jornal O Estado de São Paulo que enviará uma carta aos dirigentes da delegação brasileira, recordando-lhes que atos como esse não são aceitáveis. Na opinião de Dubi, a manifestação de fé do jogador foi “um deslize”, tanto de Neymar quanto dos seus superiores que não o orientaram. A infração não prevê nenhuma sanção.

Neymar costuma usar a faixa em suas comemorações. Foi o que fez na conquista da Libertadores da América, pelo Santos, em 2011, bem como quando ganhou a Liga Espanhola e a Liga dos Campeões em 2015, pelo Barcelona.

Em janeiro deste ano, durante a premiação da Bola de Ouro, em Zurique, na Suíça, a FIFA censurou a faixa em um vídeo que apresentava Neymar como um dos candidatos ao prêmio, que acabou sendo entregue a Lionel Messi. A faixa do jogador brasileiro aparecia no vídeo com a inscrição apagada.

Antes do jogo de sábado, o pai de Neymar postou no Instagram um comentário em que dizia: “Sonho e Fé: para você, filho, sempre foram a mesma coisa… Hoje você pode realizar um sonho usando o nome em quem sempre teve Fé (Jesus Cristo)”.

Veja o post:

post do pai de neymar

Com informações de ACI Prensa.

1 Comentário
Leia também