Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
path3371
foto minha
Jônatas Dias Lima

Blog da Vida

Bioética e o movimento pró-vida pelo mundo

Essa é a impressionante reação da CNBB à exposição do Santander

Diferente do ocorrido em outras circunstâncias, a CNBB acha que a manifestação da diocese local foi suficiente

Dom Leonardo Steiner, secretário geral da CNBB (foto: Agência Brasil).
Dom Leonardo Steiner, secretário geral da CNBB (foto: Agência Brasil).

Depois da notícia de que a Igreja Batista, a 2ª maior denominação evangélica do Brasil, deve encerrar todo tipo de relacionamento que tem com o banco, os católicos também voltaram a se perguntar nas redes sociais se alguma entidade influente ligada à Igreja Católica não teria iniciativa semelhante, já que a opção da arquidiocese de Porto Alegre – onde o escândalo aconteceu – foi adotar uma postura tímida, muito abaixo do satisfatório, dada a gravidade do que houve.

Este blogueiro pediu uma resposta da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) e a declaração recebida foi a de que… não. A CNBB não vai fazer nada, por que a arquidiocese de Porto Alegre já fez e “possui autonomia como Igreja local”.

Para quem conhece a organização da Igreja Católica no Brasil essa resposta seria até aceitável, já que a CNBB realmente não faz parte da hierarquia católica, estando mais para uma “associação de bispos”. Mas não deixa de ser curioso o fato de que nas situações abaixo, e que também ocorreram em locais com dioceses que “possuem autonomia”, a CNBB se pronunciou:

 

  • Morte de presos em Manaus, em janeiro de 2017: Manaus tem arquidiocese, portanto, autonomia com o Igreja local. Mesmo assim a CNBB emitiu uma nota de repúdio;

 

  • Aniversário de um ano do rompimento da barragem de Mariana: a cidade de Mariana, em Minas Gerais, também tem arquidiocese. O caso ocorreu em 2015, e a CNBB, além de emitir nota na ocasião, também se deu ao trabalho de emitir nota sobre o aniversário do fato.

 

  • Seca no nordeste: o nordeste tem várias dioceses e até três divisões regionais da conferência que poderiam falar em nome da região. Mesmo assim, a CNBB – nacional – achou que devia emitir uma nota.

 

E como essas há muitas e muitas outras. Aos que tiverem paciência para passear pelas dezenas (ou centenas?) de notas sobre os mais variados assuntos já emitidos pela instituição podem fazer isso aqui.

Vocês vão achar de tudo mesmo. Menos uma nota sobre a exposição que repercutiu no país todo dado o escândalo envolvendo zoofilia, erotização infantil e deboche grosseiro da fé cristã. Esse tipo de coisa, para a CNBB, não precisa de nota.

 

Veja a resposta:

CNBB 01

 

*****

Curta a página do Blog da Vida no Facebook

Por

3 Comentários

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.

Leia também