Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
path3371
foto minha
Jônatas Dias Lima

Blog da Vida

Bioética e o movimento pró-vida pelo mundo

Cinco líderes pró-vida estarão no primeiro escalão do governo Trump

O presidente eleito têm nomeado para cargos importantes políticos tradicionalmente vinculados à luta contra o aborto

Ben Carson (foto: reprodução/Pinterest)
Ben Carson (foto: reprodução/Pinterest)

Depois de nomear Niki Haley para a embaixada dos EUA junto à Organização das Nações Unidas e Jeff Sessions para a procuradoria-geral do país, Trump decidiu também os nomes para as secretarias – o equivalente aos nossos ministérios – da Educação, da Saúde e da Habitação. Os indicados também foram políticos fortemente identificados com a luta contra o aborto: Betsy DeVos, Tom Price e Ben Carson.

Betsy DeVos, de 58 anos, dirige com seu marido a Dick & Betsy DeVos Family Foundation, que é responsável pela doação de milhões de dólares para centros de atendimento a gestantes, candidatos pró-vida e marchas pela vida. Trump anunciou o seu nome para a secretaria de Educação em 23 de novembro.

Tom Price, de 62 anos, é médico e ocupa uma cadeira no Congresso desde 2005. Ele foi nomeado por Trump para a Secretaria de Saúde e Serviços Humanos em 29 de novembro. Como congressista, foi totalmente contrário a legislações favoráveis ao aborto – o que fez com que associações pró-vida lhe dessem nota 100 em suas avaliações, enquanto a clínica de abortos Planned Parenthood e a NARAL Pro-Choice America lhe dá zero.

Como Trump conquistou o voto religioso mesmo sendo moralmente tão controverso

Espera-se que Price possa ajudar a reverter algumas leis aprovadas durante o governo de Barack Obama, como a que obriga quase todos os empregadores a incluir contraceptivos, esterilização e medicamentos que induzem o aborto em seus planos de saúde. Em 2012, Price disse que a provação dessa lei “pisoteia a liberdade religiosa” dos norte-americanos.

O neurocirurgião aposentado Ben Carson tem 65 anos, foi pré-candidato à presidência durante as primárias do Partido Republicano e assumirá a Secretaria de Habitação e Desenvolvimento Urbano, como anunciou Trump, em 5 de dezembro. Ele se posicionou durante a sua campanha contra o aborto inclusive em caso de estupro e incesto, dizendo que “não estaria a favor de matar um bebê por ter vindo dessa forma”.

Carson é conhecido por ter realizado em 1987 a primeira separação de gêmeos siameses unidos pela cabeça com sucesso, além de outros feitos pioneiros na área da neurocirurgia, entre eles a primeira cirurgia em um feto dentro do útero. Em 2008, ele recebeu a Medalha Presidencial da Liberdade, a mais alta condecoração civil dos EUA. Sua vida foi retratada no filme Mãos Talentosas, de 2009, em que foi interpretado por Cuba Gooding Jr.

 

Colaborou: Felipe Koller

*****

Recomendamos também:

***

Curta a página do Blog da Vida no Facebook.

Por

Comentários

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.

Leia também