Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Autores
Mateus_Leme
Mateus Leme

Biblioteca Básica

Boa literatura, sem firula

Por que mais um blog?

Biblioteca Básica, o novo blog do Sempre Família, traz dicas de leitura e comentários sobre livros essenciais

Fonte - Wikimedia - CC0
Fonte - Wikimedia - CC0

Caro leitor, você deve estar se perguntando: “Outro blog de literatura, para quê?”

O que acontece é que quando pesquisamos sobre blogs de literatura na internet, o que encontramos principalmente são:

– Blogs sobre as últimas novidades do mercado editorial

– Blogs de professores de literatura que tentam prolongar na internet as discussões apresentadas na sala de aula

– Blogs de críticos literários que apresentam textos mais aprofundados para um público com maior formação cultural

– Blogs com textos autorais originais.

Este blog não é nenhuma destas coisas!! Meu objetivo aqui é ajudar a todas aquelas pessoas que perceberam a importância de ler, e gostariam de ler coisas boas, mas não sabem muito bem por onde começar.

Se você alguma vez já entrou em uma livraria, ficou olhando para as estantes sem conseguir se decidir, e saiu com as mãos vazias e a consciência pesada, este blog é para você.

Se você achou um tormento os livros que o professor de literatura mandou ler na escola, mas esse sentimento o incomoda um pouco, este blog é para você.

Se você acha que um livro bom não deveria ser chato, longo demais, rebuscado, difícil, incompreensível, este blog definitivamente é para você!

A ideia aqui é muito simples: discutir de forma leve, mas com um pouco de substância, alguns livros essenciais, que deixem você com vontade de ler e ajudem-no a começar a formar sua própria biblioteca. Não estamos interessados nas novidades, ao menos não pelo simples fato de serem novidades. O que queremos é coisa boa, seja nova ou antiga.

Uma biblioteca pessoal é um dos melhores investimentos que você pode fazer na sua formação. A primeira coisa que posso dizer é que há alguns livros que vale a pena ter. Siga um conselho: compre esses livros, não pegue emprestados. Emprestar livros dos outros, já dizia meu pai, é a forma mais rápida de fazer e perder amigos. Emprestar de alguma biblioteca pública é uma opção, mas sempre paira sobre você o fantasma do prazo de devolução. Funciona muito bem com alguns livros secundários, mas os livros essenciais deveriam estar sempre na sua estante, para consultas, para fazer notas de rodapé, para reler, etc. Mais uma vez, siga meu conselho: compre, baixe grátis pela internet, ou peça de presente. Mas tenha. Seu. Você não vai se arrepender.

Este blog foi criado para ajudá-lo. Por isso, as publicações serão de dois tipos principais: textos sobre o hábito da leitura e como ler melhor, e textos sobre as grandes obras da literatura universal.

Alguns princípios que me esforçarei por seguir:

– Só comento livros que já li. Pode ficar tranquilo que não comentarei livros “de orelhada”. Os comentários poderão ser positivos ou negativos, mas não serão “telefone sem fio”, repetição da opinião de algum crítico, etc. Se estiver no blog, é porque já li.

– Da mesma forma, tentarei sempre que possível comentar os livros de forma individual, e não o autor. Não quero fazer nenhum tipo de generalização, para que você não dê o azar de comprar o único livro ruim daquele autor. Por exemplo, imagine que eu fizesse um super post dizendo que Júlio Verne é o máximo. Um leitor poderia ir depois disso a uma livraria e comprar Viagem ao Centro da Terra, e ficar muito satisfeito. Outro leitor poderia ter o azar de comprar O Raio Verde (que é bem mais chato), e ficar traumatizado com Júlio Verne para sempre.

Como é óbvio, o gosto varia de pessoa para pessoa. Mas ao mesmo tempo, pode ser educado. Como se diz em O Conde de Monte Cristo, o gosto da cerveja ou do vinho não lhe pareceu estranho da primeira vez que os tomou? Na boa literatura ocorre o mesmo. Muitas vezes, é uma questão de hábito para aprendermos a apreciar.

O que desejo é dar uma lista de bons exemplos, para que você possa formar o seu próprio gosto literário, e depois ler com liberdade o que quiser, tirando do seu próprio tesouro coisas novas e velhas.

Bom proveito!!!

Por

2 Comentários

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.

Leia também