Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
ases_a_bordo_sempre_familia_header2-3
Ases a Bordo_Viagens em Família
Viagem com Crianças

Ases a Bordo

Aventuras, histórias e dicas sobre viagens em família.

Beijando golfinhos na Jamaica

Nadar com golfinhos está no top 10 das lista de desejos, chamadas de "bucket list". Você também já sonhou em interagir com um?

dolphin_cave_ases_a _bordo_2

A gente acredita que viagens devem estar recheada de momentos especiais. Aquelas aventuras que você vai lembrar a vida toda e quando estiver velhinho vai contar para seus netos. 

→ Clique e assista nosso terceiro episódio na Jamaica.

Depois do nosso passeio conhecendo a Real Jamaica (assista o episódio anterior aqui) foi a hora de contornar o litoral norte da ilha até chegar em Ocho Rios, que fica a mais ou menos 84 km de Montego Bay.

Lá teríamos um encontro muito especial! Depois de duas horas de viagem em uma van que nos buscou no hotel, além de outros turistas, chegamos ao Dolphin Cove, um parque marinho com muitas espécies.

Nosso objetivo inicial era nadar com os golfinhos novamente. Eu e o André, já tínhamos nadado com golfinhos na nossa lua de mel em Cancun.

Como achamos a experiência incrível, queríamos que o Alex também tivesse a oportunidade de interagir com esses animais inteligentíssimos.

Infelizmente, ele era muito pequeno para nadar com os golfinhos, este programa era apenas para crianças a partir de 3 anos. Então acabamos fazendo apenas o “Dolphin Encounter”, onde as pessoas ficam em uma plataforma no mar interagindo com os animais. Eu estava grávida, por isso não pude fazer nenhum dos programas.

Parece mentira, mas se uma grávida entra na água, os golfinhos com sua visão de raio x, conseguem “enxergar”o bebê dentro da barriga e ficam nadando em círculos ao redor da dela.

Até aí tudo bem, mas o problema é que eles tentam “conversar” com o neném e emitem sons que podem prejudicá-lo.

dolphin_cave_ases_a _bordo_1

Até chegar o horário do nosso programa, passeamos pela mini selva com iguanas, araras e cobras e depois fomos tocar as arraias. Lá pudemos entrar na água e ficar brincando, mas ela fica “na mão” do treinador. O Alex adorou e queria ficar brincando com ela. Uma dessas que matou o Steve Irvin, o caçador de crocodilos australiano, mas no parque eles tiraram o ferrão que tem no rabo do bicho.

dolphin_cave_ases_a-_bordo_2

Chegou a hora tão esperada. O Alex estava super “excited”. Mal parava quieto enquanto ouvíamos as explicações de como seria o encontro. Fomos para uma espécie de deck no nível da água.

Logo a Misty, o “nosso” golfinho, veio nadar na nossa frente.

Ela passava bem pertinho e todos estendiam a mão para tocá-la. Depois de algumas explicações do treinador sobre a espécia e alguns truques e começou o encontro de verdade. Algumas crianças que estavam na fila ficaram com medo e não quiseram beijar e nem tocar o golfinho.

Quando chegou a nossa vez, o Alex deu um abração nela e vários beijos. Ficou tão apaixonado que não queria largar, nem na hora da foto do André. Foi muito legal, ele adorou!

dolphin_cave_ases_a _bordo_4

Com certeza deve ser algo hereditário, porque golfinhos são um dos meus animais favoritos. Vamos esperar ele crescer mais um pouco para podermos voltar e nadar de verdade.

Depois de um almoço típico ao som de reggae, ainda demos uma voltinha de caiaque e passeamos pelo parque.

dolphin_cave_ases_a _bordo_5

Na volta aprendemos com nosso guia três expressões jamaicanas. A primeira, super conhecida: “No problem”, tudo aqui é sem problemas! A segunda, também muito falada: “Ya Mon”, que quer dizer sim. E a mais nova para nós: “Irie” que significa tudo ok.

Um dia muito agradável, com mais aventuras maravilhosas para guardármos no nosso coração. É assim que viagens devem ser, ricas em experiências!

 


levou

Nosso voo foi pela American Airlines. Voamos de Guarulhos a Miami e lá pegamos outro voo até o Aeroporto Internacional de Sangster, em Montego Bay. Para ir do aeroporto até o nosso resort levamos 15 minutos de taxi.

hotel

Nossa estadia em Montego Bay foi no resort all inclusive Sunscape Splash. Escolhemos ele por causa do parque aquático que tem lá, com tobogãs, barco pirata e castelinho. A praia em frente ao hotel é muito calma, com água transparente e areia fininha. Vale a pena conferir!

tranportou

Nosso tour para Ocho Rios foi organizado pelo concierge do hotel.

quando

Fomos em Fevereiro que é considerado um mês seco. Não choveu em nenhum dos 7 dias que estivemos lá. O clima estava gostoso, o calor era suportável e a temperatura do mar era agradável. Nessa viagem o Alex tinha 2 anos e a Alice estava na barriga da mamãe.

oque

Capital: Kingston

Idioma: Inglês

Moeda: Dólar jamaicano (R$ 1 equivale a 36,71 dólares jamaicanos)

Visto: Não é necessário para períodos inferiores a 30 dias.

Vacinas: Febre amarela

Aeroporto: em Montego Bay fica o Aeroporto Internacional de Sangster, em Kingston fica o Aeroporto Norman Manley

Fuso horário: 02 horas a menos que Brasília

Melhor época:  De dezembro a março, quando a temperatura média é de 28ºC. Cuidado: risco de furacões entre agosto a novembro!

planeje

Que tal já programar sua aventura na Jamaica?

Reserve aqui o seu hotel e garanta melhores preços com antecedência.

Escolha aqui seu carro e pague em reais dividido em até 12x.

Compre seu chip de celular para não depender de redes de wi-fi.


Saiba mais sobre Ases a Bordo – Viagens em Família acessando nosso site, se inscrevendo no nosso canal do YouTube para não perder episódio novos e ainda curtindo nossas mídias sociais!

website      youtube-symbol       facebook-logo       instagram-social-network-logo-of-photo-camera       twitter-social-logotype


 

Por

Comentários

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.

Leia também