Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Monastiraki square, Athens.
IMG_20160203_155403 (1)
Josair Bastos

Ágora

Espaço ao debate cultural e político

Google ignora a Páscoa

O site de buscas Google homenageia as comemorações do mundo islâmico e ignora as festas cristãs, como a Páscoa

Raffaello_Sanzio_Auferstehung_Christi_Sao_Paulo

Mais uma vez a empresa de buscas Google menosprezou uma das maiores festas do mundo cristão, comemorada, inclusive, por pessoas de outras religiões, a páscoa.

 

É comum o site colocar em sua abertura as datas comemorativas de personalidades ou de feriados. Porém, quando as datas são cristãs ou quando as personalidades fazem parte do mundo cristão, a coisa muda.

 

A data que memora a ressurreição de Jesus Cristo, e que também possui alguns símbolos já há muito usados na data, como o coelho e o ovo de chocolate, simbolizando a vida, foi ignorada por completo pelo maior site de buscas da atualidade.

 

Porém, o mesmo não se deu na comemoração muçulmana do Ramadã (mês em que foi revelado o Alcorão).

Google-Has-an-Entire-Page-dedicated-to-Ramadan

Enquanto os cristãos sofrem perseguição em muitas regiões do mundo árabe, grande parte da mídia ocidental despreza a cultura cristã e ainda exalta a cultura islâmica.

 

Não é de hoje que o Google menospreza as datas cristãs. Na páscoa de 2013 a companhia celebrou o nome de Cesar Chaves, um líder esquerdista americano, e nem fez menção ao feriado pascal.

cesar chaves

Inúmeras manifestações de repúdio foram feitas nas redes sociais por conta do “esquecimento” do Google com relação ao feriado pascal.

 

Muitas pessoas estão, inclusive, boicotando o site de buscas google pelos sites de busca duckduckgo.com (conhecido por oferecer maior privacidade e segurança ao usuário) ou o site wolframalpha.com.

Siga o autor do blog

Curta Ágora

Por

Comentários

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.

Leia também