Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Monastiraki square, Athens.
IMG_20160203_155403 (1)
Josair Bastos

Ágora

Espaço ao debate cultural e político

A única certeza da vida é a vida

A frase “a única certeza que temos nesta vida é a morte” é batida mas não verdadeira. A única certeza da vida é o fato de estarmos vivos. A morte? Não temos certeza da morte.

crédito: pixabay
crédito: pixabay

A frase “a única certeza que temos nesta vida é a morte” é batida mas não verdadeira. A única certeza da vida é o fato de estarmos vivos. A morte? Não temos certeza da morte. A propósito, este texto tem um final. Este dia provavelmente terá fim. Assim muitas coisas começam e terminam. Aquela amizade que parecia eterna, acabou. Aquela profissão estável acaba em demissão. Quando bem sucedida acaba em aposentadoria. Estamos certos de que tudo neste mundo um dia termina, mas um cristão não poderia dizer, jamais, que a única certeza que possui seja a morte. Pois a vinda de Cristo pode ser a qualquer hora, e quando Ele voltar, os vivos não conhecerão a morte. Os vivos serão separados. Os salvos estarão junto Dele e os condenados terão a solidão que escolheram. Os salvos serão glorificados com Ele. Terão um corpo incorruptível, mesmo sem terem passado pela experiência da morte. Por isso, como afirmas ser uma certeza a tua morte se não sabes a hora da qual o filho de Deus voltará em glória para julgar os VIVOS e os mortos? Como ousas dizer que a única certeza nesta vida é a morte? Acaso sabes o dia e a hora da vinda do Senhor? Acaso sabes qual a geração presenciará tal parusia? Mesmo que a tua geração não presencie, alguma outra a presenciará, e a tua certeza já não valerá de nada. Teu ensinamento terá sido em vão. Ainda mais se padre for, se escritor for, se pregador for, se pai ou mãe for. Pois teus ensinamentos, provavelmente, se estenderão, em maior ou menor medida, aos teus filhos e aos filhos deles, filhos de tua carne ou a filhos espirituais, ou simplesmente a algum leitor, longínquo no tempo. Mais propício dizeres que tua única certeza é Jesus Cristo. Pois, mesmo vivo, crês na morte? Mesmo com o testemunho do Cristo ficas a repetir expressões pagãs? Mesmo acreditando nas coisas celestes proclamas as crenças mundanas? Cristão acredita em Cristo e acredita na vida. Pois não fazes parte da boiada que corre em direção ao matadouro. Não participas da orla anticristã. Somente o Pai sabe o dia em que o filho retornará. E Ele chegará sem aviso, como um ladrão que invade uma casa sem avisar ninguém. Cruzará o céu como uma estrela cadente que vemos de repente. Ele virá e será a alegria dos humildes. Será o êxtase dos santos. Será o alívio dos sofredores. A água dos sedentos. A comida dos famintos. A morada eterna dos vivos.

Curta o blog Ágora no facebook

Por

Comentários

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.

Leia também