Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Bigstock
Bigstock
Educação dos filhos

5 coisas que seu filho adolescente quer que você saiba, mas não vai te contar

Há milhões de coisas acontecendo no interior de um adolescente, e muitas delas eles sequer sabem identificar.

É difícil entender os adolescentes. Eles são muito bons em mostrar que por fora, já às portas da vida adulta, tudo vai muito bem, enquanto por dentro tudo pode estar uma bagunça. Há milhões de coisas acontecendo no interior de um adolescente, e muitas delas eles sequer sabem identificar, têm medo de contar ou não sabem como dizer. Confira cinco coisas que seus filhos adolescentes secretamente querem que você saiba, mas não vão contar:

  1. Eles querem que você diga “não”

Eles sabem que precisam de limites. E querem limites. Dar a eles linhas bem definidas do que é apropriado e o que não é ajuda-os a se sentir seguros. Isso não significa que eles não vão tentar desafiar esses limites. É a forma de eles se certificarem que o que você diz é real. Cabe a você dizer não, manter-se firme e explicar por que esse limite existe. E quando eles ultrapassarem os limites, responder com consistência, mas com compaixão.

  1. Eles são loucos por sua aprovação

Sabe quando eles reviram os olhos quando você os corrige? É que eles estão experimentando, de alguma forma, a sua rejeição. Não significa que você não deve corrigi-los, mas é importante estar atentos a outras formas de dar feedback e de, sobretudo, valorizar o que os seus filhos fazem de positivo. Eles desejam a sua aprovação, querem ver que você está feliz por aquilo que eles são e fazem.

  1. Eles querem a sua orientação, mas não as suas expectativas

Sim, eles querem o seu apoio quando se sentirem inseguros e desconfortáveis. Mas eles já têm gente suficiente cobrando resultados deles. O que eles querem de você não é uma enxurrada de expectativas, mas uma orientação compreensiva, que os deixe livres. Uma coisa é dizer: “Exijo que você tire boas notas, tome boas decisões e faça o que eu digo”. Outra é, ao ver que o seu filho não está bem, perguntar: “O que tem acontecido? Parece que você está se sentindo desmotivado/triste/sozinho”.

  1. Eles ainda não têm ideia de quem são

Aquilo que os caracterizará como indivíduos únicos ainda está em desenvolvimento. Por isso, aquela pessoa que o seu filho é quando está com os amigos é tão diferente daquela que é quando está com você. A sua identidade ainda está em tensão. E acredite: muitas vezes, eles vivem imersos no medo de desapontar as pessoas – você, os amigos, os familiares, os professores, etc. Faça, portanto, com que os momentos em que você está junto com ele se desenrolem em um clima de confiança, acolhimento e encorajamento.

  1. Eles são constantemente tratados com desprezo

Se eles chegam em casa hipersensíveis ou mal-humorados, pode ser um sinal de algo a mais do que hormônios ou má-educação. Os adolescentes sofrem – e, em boa parte, porque são cruéis uns com os outros, às vezes sem perceber. Eles se culpam, se julgam, se excluem e se desprezam o tempo todo. Procure entender o que tem acontecido com seus filhos e seja para ele um oásis de respeito e aceitação.

Com informações de iMom.

***

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Leia também